SlideUltima Hora

Detran-SP: já está valendo a transferência online de veículos

Compartilhe!

Os proprietários de veículos do Estado de São Paulo já podem já podem fazer a transferência de maneira digital e a qualquer hora. O Detran-SP lançou no dia 12 de março último, a TDV (Transferência Digital de Veículos). O serviço pode ser acionado por meio do aplicativo do Poupatempo, na área “Transferir Propriedade de Veículos”. De início, o serviço vale para automóveis fabricados após 2021, com a placa Mercosul e o documento digital do Estado.

da Redação

Segundo a Prodesp (que é a empresa de informática do Governo do Estado de São Paulo), é esperado que sejam feitas cerca de 70 mil transferências mensais de veículos nas 645 cidades paulistas, ainda na primeira etapa de implementação da TDV. Com ajustes e o avanço para as próximas etapas, o volume poderá chegar a 500 mil transferências mensais.

O novo formato tem dispensa a trabalhosa necessidade de ir a um cartório, por conta da autenticidade digital presente no próprio ambiente do aplicativo. Para realizar a transação também será necessária uma conta “Gov.Br” nos níveis prata e ouro.

Nesta primeira fase de implementação do sistema, o serviço está liberado para pessoas físicas que contam com o CRLV-e (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos digital) -com placas Mercosul ou convencionais– neste caso, o novo proprietário precisa residir na mesma cidade onde o veículo está registrado. Nos próximos meses, o governo paulista deve disponibilizar o serviço por meio do e-Notariado para veículos com Documento Único de Transferência (DUT) em papel, pessoas jurídicas e transações feitas por meio de procurações públicas.

Antes de transferir digitalmente o veículo, o proprietário deve realizar a vistoria do veículo, como acontece hoje. A taxa de transferência é de R$ 272,27 e pode ser paga por Pix no próprio aplicativo.

A estimativa é que esse trabalho de transferência -na parte digital- gaste em torno de 5 minutos. Sem a digitalização, o prazo varia entre três e 10 dias úteis, incluindo análise da documentação remetida pelo proprietário para o site do Detran-SP.

  • É preciso ter conta nos níveis Prata ou Ouro no aplicativo Gov.Br;
  • A plataforma Poupatempo precisa ser baixada nos celulares do vendedor e do comprador;
  • Necessária CRLV digital, ou convertido do papel para o digital;
  • Vistoria do veículo feita por empresa credenciada junto ao Detran (válida no máximo por 60 dias);
  • Selecionar a opção “Transferir Propriedade de Veículo” na aba correta do aplicativo Poupatempo, para enviar os documentos CRLV-e e inspeção veicular;
  • O sistema registra automaticamente a assinatura eletrônica, bem como a intenção de compra e venda do automóvel.

Compartilhe!
1713369644