Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Explosão na China: prejuízo para VW, Renault e Toyota

Compartilhe!

a1

Volkswagen, Renault e Toyota foram apenas três das marcas afetadas pela enorme explosão que aconteceu na semana passada no porto chinês de Tianjin, que é o maior em termos de importações de veículos naquele país.

A explosão, que matou mais de 100 pessoas, teve origem numa área daquele porto que armazenava materiais químicos altamente inflamáveis, provocando estragos imensos para diversas empresas, entre as quais a Volkswagen, que confirmou hoje a destruição de 2.700 dos seus veículos que se encontravam naquele porto à espera de seguirem para os concessionários.

Da parte da Renault, a marca francesa já havia anunciado a destruição de 1.500 automóveis, fato que poderá baixar o volume de entregas por dois meses, enquanto a Toyota foi obrigada a parar sua linha de produção da Tianjin FAW Motor até dia 19 de agosto, o que implica igualmente na parada da linha de Xiqing, a 70 km distância, pois esta necessita de peças produzidas em Tianjin.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español