Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Fiat Argentina: Manual do Proprietário machista causa polêmica

Compartilhe!

Engraçadinho, mas politicamernte incorreto. O Manual do Proprietário dos novos modelos da Fiat lançados na Argentina causou revolta entre as associações de defesa dos direitos das mulheres de vários paises. Isto porque o denominado “Manual do Bom Uso” oferecido pela Fiat trazia alguns conselhos ou dicas referentes à utilização dos veículos pressupondo que o condutor é um homem e que o lugar do passageiro é ocupado por uma mulher “que deve ter, pelo menos, boas pernas”, de acordo com o livreto da marca italiana, cuja principal intenção -segundo a marca- era ser bem-humorado.

13344594_10209056720476583_9053056265689470974_n

Contudo, de acordo com a Associated Press, o volume de críticas que este Manual já recebeu levou a Fiat a retirá-lo dos seus novos modelos, sendo que organizações de defesa dos direitos das mulheres lamentaram a escolha de palavras para a descrição de sistemas como o de aquecimento do habitáculo como uma forma de “levar uma garota de quem se goste de tirar a roupa”.

Na seção “Acompanhante”, o Manual oferece ainda como conselho “se o passageiro for uma senhora e a sua saia for muito curta recomendamos que ela viaje no banco de trás para manter a nossa concentração”, além de que “se a saia não for assim tão curta, mas se você tiver uma mão ‘boba’ ela também deverá viajar atrás”.

Outro conselho aponta que, na direção e quando for preciso ceder a passagem, que o motorista faça uma concessão especial “se a outra motorista for realmente linda”.

Este tipo de conselhos levou a marca a ser criticada, mas por meio da sua conta do Twitter a Fiat fez questão de enaltecer que lamenta o efeito que este livreto teve e que nunca teve intenção que o mesmo fosse mal intencionado ou desrespeitoso.

Uma boa parte do Manual e as páginas que causaram maior gritaria nas redes sociais foram publicadas na página do Facebook do grupo de defesa dos direitos das mulheres Ni Una Menos. Por isso, a Fiat da Argentina achou melhor tirar de circulação o referido Manual.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español