Slide

Gol se despede. E quem fica no seu lugar?

Compartilhe!

Toda despedida é triste. Em especial de carros longevos. E com o Gol não será diferente. A Volkswagen apresentou o “Gol Last Edition”, série limitada de despedida do VW Gol com apenas 1.000 unidades numeradas. A pergunta: se o Gol foi líder de vendas no Brasil durante 27 anos e ainda hoje ocupa o alto da tabela de carros mais comercializados do País, por que então tirá-lo de linha? A resposta: ele se tornou obsoleto com sua plataforma antiquada, e por isso não traz o lucro que a marca desejava. Faz parte do jogo. E já tem um sucessor espiritual.

por Ricardo Caruso

O Volkswagen Gol Last Edition é um carro realmente bonito, à altura do que merece ser a despedida de um campeão de vendas. lindo. O carro com certeza vai ser disputado a tapas pelos fãs do Gol; o preço ainda não foi divulgado, mas poderá ficar acima dos R$ 100 mil.

GALERIA DE FOTOS – GOL LAST EDITION

O Volkswagen Gol é -ou foi- o modelo nacional mais produzido, mais vendido e mais exportado de todos os tempos, superando Fusca e Brasília nesses quesitos. Nenhum outro carro feito aqui tem marcas tão impressionantes. Para registrar a despedida deste queridinho do consumidor, há 42 anos em linha, a Volkswagen realmente caprichou na Last Edition do Gol. A série especial é numerada e limitada a apenas 1.000 unidades. Foi desenvolvida especialmente pela área de desenho da Volkswagen aqui do Brasil, sob comando de José Carlos Pavone. Pelas fotos, a cor é vermelho Sunset, já presente no Polo 2023 e no Nivus.

O HERDEIRO

Em alguns dias, a Volkswagen irá divulgar maiores informações sobre o Gol Last Edition e como serão os últimos dias dessa longa jornada. Por outro lado, o Gol já tem substituto o Polo Track. A Volkswagen apresentou o sucessor espiritual do Gol, o Polo Track, que passa a ser o modelo de entrada da marca, honra que pertencia ao recém-falecido Gol.

Vai chegar ao mercado no começo de 2023, mas seu preço já foi divulgado: R$ 79.990, o mesmo do Gol equipado com opcionais de conectividade e rodas aro 15, o que é um ganho para o consumidor. Custa cerca de R$ 3.000 a menos que no Polo MPI atual.

O Polo Track será fabricado em Taubaté, SP, e para isso a fábrica recebeu investimentos para a produção da plataforma MQB do Polo. Para receber o Polo, a fábrica de Taubaté ganhou cerca de 80 novos robôs na área de armação da estrutura; equipamento de solda a laser para peças com diferentes materiais, e ampliação da área onde é feita a união do powertrain com a carroceria.

O motor de 3 cilindros MPI e 1 litro aspirado, com e produz 77/84 (gasolina/etanol) cv e 9,6/10,3 mkgf e câmbio manual de cinco marchas é o único powertrain.

E quais as vantagens do Polo diante do Gol? O Polo tem maior espaço interno (2.560 mm de entre-eixos e 1.750 mm de largura), maior porta-malas (300 litros), plataforma MQB (mais moderna) e mais segurança e auxílios ao motorista.

Traz ainda ar-condicionado, direção com assistência elétrica, vidros elétricos na dianteira e travamento/abertura remota das portas. Entre os recursos -opcionais ou de série, sistema de som com Bluetooth e controles no volante, computador de bordo e tomadas USB e antena de teto. O Polo MPI será mantido, se apresentando, por exemplo, com os faróis de LEDs no lugar das lâmpadas comuns do Track.

O interior do Track tem instrumentos analógicos, incluindo conta-giros, e bancos com revestimento em dois tons. Os painéis de porta têm textura geométrica, mas há algumas perdas, como as ausências de banco traseiro bipartido, espelho no quebra-sol do motorista e luzes de leitura. Tudo para conseguir segurar o preço.


Compartilhe!
1713906562