Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Hiper-esportivo: Pagani Imola chega com 827 cv

Compartilhe!

O novo hiper-esportivo da Pagani vai ser apresentado no Salão de Genebra: a Pagani revelou agora o seu novo Imola, numa homenagem ao circuito italiano de péssimas lembranças para os brasileiros, que nada mais é do que uma versão do Huayra, e que vai ser apresentado no próximo Salão de Genebra, em março.

A última criação de Horacio Pagani conta com um motor 6.0V12 twin-turbo Mercedes, de 827 cv de potência máxima e torque também máximo 110 mkgf.

A potência é levada para as rodas traseiras por uma caixa de câmbio manual automatizada de sete velocidades Xtrac que, segundo a marca italiana, oferece tempos de trocas reduzidos, beneficiando-se do novo sistema Smart Gas da Pagani.

O novo Imola possui chassi monobloco ultra reforçado com Carbo-Titanium e Carbo-Triax, o mesmo material que é utilizado no Roadster BC, e geometria de suspensão exclusiva, de forma a transferir toda a potência para o solo, enquanto os novos amortecedores ativos são controlados pela nova unidade central de controle eletrônico, que gerencia igualmente a aerodinâmica ativa, motor, transmissão e diferencial. Desta forma a suspensão dianteira é capaz de variar a altura de forma inteligente e automática.

Este novo Pagani Imola é o primeiro modelo da marca italiana a apresentar o novo sistema de pintura “Acquarello Light”, que segundo a marca permite reduzir o peso da tinta em 5 kg, mantendo contudo inalterados as cores e brilho.

A Pagani não revelou os números do desempenho deste Imola, que vai ter edição limitada de cinco carros e que, segundo a marca italiana, todos já estão vendidos, pelo preço de US$ 6 milhões cada, mais impostos.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español