Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Na Alemanha: VW demite executivo chefe de produção

Compartilhe!

images

A Volkswagen alemã anunciou que Thomas Ulbrich, até então o executivo chefe de produção da marca, irá assumir essa responsabilidade para todas as empresas do grupo, após ter sido comunicada a saída imediata de Michael Macht, que tinha essa importante função na empresa. Ulbrich assume estas funções de forma interina, ocupando temporariamente a posição do anterior responsável pelo departamento.

Macht, que foi o responsável por supervisionar a introdução da plataforma modular MQB no Grupo Volkswagen, é o segundo alto executivo da marca a deixar a empresa no espaço de duas semanas, depois do responsável global de marketing, Simon Thomas, também ter sido afastado.

Fontes internacionais afirma que o motivo para a saída de Macht foi o descontentamento do CEO da VW, Martin Winkerton, com a forma como está acontecendo a introdução da nova plataforma modular nas unidades de produção do grupo. O responsável máximo pela empresa reconheceu a importância da plataforma MQB como “grande vantagem competitiva” (irá ser usada em mais de 40 modelos, graças à sua adaptabilidade), mas admitiu que iria ser necessário um “grande esforço” para efetuar a implementação nas fábricas do grupo.

Tendo em conta estas declarações, a razão apontada para a saída de Macht poderá estar na notícia divulgada recentemente pela imprensa alemã, que afirmou estar o cargo de Michael Macht a perigo, após ter sido instalado nas unidades de produção da VW equipamento defeituoso no valor de centenas de milhões de dólares. Aparentemente, a conta desse problema foi para na mesa de Macht, cujo contrato com a VW devia expirar apenas em 2015, mas cuja saída imediata foi agora anunciada.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español