Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Três cilindros? Nem pensar. BMW X7 terá motor V12

Compartilhe!

Enquanto no Brasil o consumidor se contenta com motores de 1.0 de três cilindros (a mesma configuração dos DKW Vemag, só que o veterano era dois tempos), no mundo desenvolvido tudo é diferente. O X7, novo SUV da BMW, deverá ser lançado no fim de 2017 e equipado não com motorzinho de três cilindros, e sim com V12, configuração que nunca foi cogitada de ser feita por aqui por nenhuma marca .

3c21e3d9d516cad7f2962db6a642eb3e_XL

O BMW X7 e o futuro SUV da Rolls-Royce estão sendo desenvolvidos há cerca de dois anos. A imprensa européia garante que o SUV top de linha da marca alemã, que tem o nome=código G07, e ainda o primeiro SUV da história da marca britânica, conhecido por enquanto como Cullinan, dividem alguns componentes.

Com lançamento previsto para o final de 2017 ou início de 2018, o novo SUV da BMW será feito com base na plataforma HPLC (ou CLAR), até aqui conhecida como “35up” –a mesma que estreará dentro de alguns meses na nova geração do sedã top de linha Série 7. A suspensão e alguns outros componentes serão partilhados com o X5 (feito na mesma a linha de produção de Spartanburg, nos Estados Unidos).

Terá versões de tração traseira e integral. Entre as motorizações, existirão opções de seis e oito cilindros, assim como híbrido plug-in, que deverá herdar a mesma configuração do recém-apresentado X5 xDrive40e. O top será o V12, provavelmente uma versão melhorada do 6.0V12, que hoje tem 544 cv e 75 mkgf de torque no 760i.

No interior, o SUV de sete lugares deverá  exibir grande parte da configuração do próximo Série 7. A BMW investiu perto de US$ 1 bilhão para produzir o novo modelo na fábrica da Carolina do Sul, para aumentar a capacidade de produção. Os alemães planejam fabricar 45 mil unidades/ano do novo SUV.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español