Classic CarsSlide

Última Kombi “Schulwagen” 1955 volta à vida

Compartilhe!

O último Volkswagen Type 2 (mas pode chamar de Kombi) “Schulwagen” 1955 conhecido, versão usada para treinar funcionários de concessionárias nos Estados Unidos, reviu a luz do dia após 43 anos de estaleiro. De propriedade do colecionador Lind Bjornsen, o Schulwagen restaurado fez sua estreia pública em eventos de carros antigos no mês passado em Huntington Beach, Califórnia, no “Dia Internacional do VW Bus”. O evento celebrou o Type 2, também conhecido como Microbus, e marcou a estreia nos Estados Unidos do sucessor espiritual -e elétrico- da icônica van, o Volkswagen ID.Buzz, que a imprensa especializada brasileira insiste em chamar de Nova Kombi…

por Marcos Cesar Silva

O Schulwagen, termo alemão para “veículo escolar”, surgiu depois que a VW rescindiu seu contrato com o importador norte-americano Max Hoffman e criou sua própria divisão nos Estados Unidos, a Volkswagen of America (hoje parte do Grupo Volkswagen da América).

Assumir as operações de vendas nos Estados Unidos significou a criação de uma rede de concessionárias, o que os representantes da marca, Will Van De Camp e Geoffrey Lange, começaram a fazer em 1954. No ano seguinte, a VW enviou técnicos de serviço e um par de vans Type 2 para viajar às concessionárias e treinar funcionários para trabalhar em Fusca e Kombi.

Baseada no Type 2 Kombi, a frota da Schulwagen chegou a totalizar 14 veículos custando mais de US$ 5.000 cada, tornando-os os modelos mais caros da VW na época. Eram modelos de 10 janelas, com a tampa traseira de abertura invertida.

Volkswagen Tipo 2 Schulwagen

Este Schulwagen ficou guardado em um celeiro (sempre eles…) de Ohio por 43 anos, desde 1980, de acordo com a VW. Ele foi comprado por Bjornsen, que removeu 10 camadas de tinta para encontrar as letras originais do “Volkswagen of America” que, juntamente com alguns equipamentos exclusivos, como uma bancada de trabalho traseira, comprovaram a procedência da van. A fábrica posteriormente confirmou que o achado do celeiro foi entregue à VW of America em janeiro de 1955. A van foi então restaurada ao estado original ao longo de cinco meses.

Os americanos terão que esperar um pouco mais por um novo “VW Bus”. O ID.Buzz está programado para chegar por lá no próximo ano como um modelo 2025. Ele trará três fileiras de assentos, um conjunto de baterias maior e motor elétrico mais potente do que as versões já à venda em outros mercados.

Esta versão topo de linha provavelmente não será usada para treinamento de concessionários, mas terá algo em comum com o Schulwagen. Com preço previsto de cerca de US$ 65 mil, ele também estará -68 anos depois- entre os Volkswagen mais caros à venda.


Compartilhe!
1713275730