Classic CarsSlide

Goodyear 125 anos: da tração animal à eletrificação

Compartilhe!

A Goodyear é uma das maiores empresas do mundo do setor dos pneus, tem 57 fábricas, emprega 74.000 pessoas em 23 países de todo o mundo (inclusive no Brasil), numa história que começou há 125 anos, quando começou a produzir pneus para carroças puxadas por cavalos. Pouco depois do início do século 20 já patenteava o primeiro pneu sem câmara, e desde então a história se renova a cada dia, enquanto pesquisa formas de fazer o seu primeiro pneu com 100 % de materiais sustentáveis. Vamos recordar um pouco da história da Goodyear.

por Marcos Cesar Silva

1898: A Goodyear Tire & Rubber Company começou a produzir pneus para carruagens puxadas por cavalos e para bicicletas, em 21 de novembro de 1898, apenas umas semanas após a constituição da empresa, que aconteceu em 29 de agosto. Um ano mais tarde, a Goodyear fabricou, pela primeira vez, pneus para automóveis, dando início a 125 anos de desenvolvimento tecnológico, que transformou a forma como o mundo do automóvel se move.

1903: A Goodyear patenteia o primeiro pneu sem câmara, embora este não tenha sido explorado comercialmente por muitos anos.

1906: A Goodyear desenvolve o “Pneu de Desmontagem Rápida”, um projeto revolucionário, que facilitava a remoção dos pneus da roda, ao mesmo tempo que evitava cortes na borracha em torno da área do aro da roda. À medida que os automóveis começaram a substituir as carruagens puxadas por cavalos por automóveis, isso significou um decisivo passo adiante em termos de segurança e comodidade.

1908: A Goodyear lança o primeiro desenho de banda de rodagem para todas as estações. Este padrão -do tipo diamantado- foi utilizado, com pequenas modificações, durante quase 40 anos.

1927: A Goodyear lançou o Airwheel, um pneu de baixa pressão, desenvolvido para aviões, mas que mais tarde foi adaptado para utilização em automóveis de passageiros. Estes “pneus balão”, combinados com uma roda de pequeno diâmetro, proporcionavam aos aviões uma aterrisagem bastante mais suave, e introduziram o conforto de marcha na indústria do transporte rodoviário.

1934: A Goodyear lança pneus com pregos para lama e neve. Os pneus com pregos tornaram-se a solução para a condução em condições de inverno extremo, particularmente sobre gelo, durante décadas, até que a empresa desenvolveu o F32 All Winter Radial, na década de 1970, e, posteriormente, no final do século XX, a gama UltraGrip Ice, para os mercados nórdicos e do Ártico.

1937: A Goodyear produz o primeiro pneu de borracha sintética nos Estados Unidos. Para reduzir o impacto sobre os recursos naturais, e melhorar a performance dos pneus, a empresa esteve na dianteira da produção de borracha sintética.

1938: A Goodyear apresenta o LifeGuard, um pneu de segurança com “roda sobressalente integrada”. Efetivamente, o percursor dos pneus run-on-flat, este pneu utilizava câmaras de ar separadas junto da banda de rodagem e da roda, para garantir que, em caso de furo ou estouro, o pneu não esvaziava por completo. Estes pneus de segurança, também conhecidos como Double Eagle, faziam parte do equipamento standard da NASCAR naquela época.

1947: O Goodyear Super Cushion estabeleceu novos padrões em termos de conforto de condução. O pneu combinava o princípio de amortecimento de um pneu “balão”, como o Airwheel, com a capacidade para funcionar a pressões muitos mais baixas. Isso permitia ao pneu funcionar a temperaturas mais baixas, durando mais tempo. Em seis meses, a Goodyear havia fornecido 3,5 milhões de pneus Super Cushion.

1955: Quase meio século após a concessão da patente, os pneus sem câmara da Goodyear tornaram-se em algo comum no mercado. O LifeGuard Blowout Shield permitia aos motoristas seguir viagem por até 160 km (100 milhas) depois de um furo.

1958: É apresentado o pneu para caminhão Goodyear Unisteel, com encordoamento de aço radial e uma cinta de três camadas. A gama Unisteel ficou famosa pela sua durabilidade e quilometragem durante décadas.

1962: A Goodyear lança os pneus para reboque Super Single, para caminhões articulados. Um único pneu largo, para substituir a configuração de duplo pneumático, reduziu o peso dos camiões, permitindo maior capacidade de carga.

1973: O Goodyear Custom Steelguard destaca-se no mercado americano de equipamento original, sendo o único pneu radial com cinta de aço aprovado por todos os então quatro fabricantes de automóveis norte-americanos.

1984: A Goodyear introduz o pneu para todas as estações no mercado europeu, com a primeira iteração da linha Goodyear Vector. Desde então, a Goodyear tem perseguido o desenvolvimento de um pneu que tenha a mesma performance durante todo o ano, com sol, chuva ou neve. Este enfoque pagou dividendos: os pneus Goodyear Vector venceram mais testes de pneus para todas as estações do que qualquer outra marca.

1992: Levar o F1 para as ruas e estradas. O emblemático superesportivo McLaren F1 usava pneus Goodyear Eagle F1 especificamente desenvolvidos para lidar com os 620 cv de potência de seu motor 6.1V12. O comunicado de imprensa original da McLaren destacava a importância da contribuição da Goodyear: “Logo no desenho inicial do McLaren F1, o pneu foi considerado um elemento importantíssimo da suspensão, dentro dos complexos cálculos de comportamento e conforto do programa. Peso, segurança, ruído e desempenho dinâmico foram todos fatores vitais no carro”.

1994: O Goodyear Eagle F1 estabeleceu o padrão para o alto desempenho. A linha foi alargada para atender outras montagens em automóveis superesportivos e esportivos, com a marcação Eagle F1 GS-D2 (Grand Sport – Directional), e, mais tarde, com o GS-D3. Os seus padrões direcionais tornaram-se, firmemente, nos preferidos dos motoristas e preparadores de motores de altas prestações, combinando uma grande eficiência de comportamento em piso seco, com impressionante aderência sobre piso molhado.

2001: O pneu Goodyear GT3, o primeiro do mundo fabricado com um composto derivado do milho, foi apresentado no Salão Automóvel de Genebra.

2005: Lançamento do Goodyear DuraSeal, oferecendo reparação instantânea de furos em movimento para pneus de caminhão.

2006: A tecnologia Fuel Max introduzida em pneus de caminhão, poupando combustível por meio da construção e de composto avançados, que reduzem a resistência à rolagem nas operações de caminhões de longa distância.

2007: Realizada a mais drástica alteração de desenho na linha Goodyear Eagle F1, passando do característico padrão direcional para uma construção assimétrica totalmente nova, para melhorar o comportamento em curva e o feeling da direção, a medida que os automóveis de alto desempenho começavam a ganhar peso, torque e potência.

2018: A Goodyear revela o EfficientGrip Performance, seu primeiro pneu com tecnologia Electric Drive, para atender à crescente popularidade dos veículos elétricos, que são mais pesados e rápidos que seus similares de combustão interna.

2021: Lançamento da Goodyear SightLine. Esta plataforma global de inteligência de pneus foi concebida para identificar e abordar possíveis problemas relacionados com os pneus, e transmitir informação que só os pneus podem recolher.

2022: A Goodyear lança o NexTrek, uma solução de pneu não pneumático (“sem ar”), que começa a ser testado no terreno em veículos autônomos. A empresa acredita que os pneus sem ar podem oferecer alternativas sustentáveis, sem manutenção, e mais duradouras, do que os pneus convencionais.

2023: A Goodyear apresentou o pneu -ainda de demonstração- feito com 90% de materiais sustentáveis, que inclui 17 ingredientes destacados em 12 componentes diferentes. A empresa continua progredindo rumo ao seu objetivo de apresentar, em 2030, o primeiro pneu da indústria feito com 100 % de materiais sustentáveis.


Compartilhe!
1716377066