Classic Cars

Quer ter um volante usado por Fangio? Prepare o bolso…

Compartilhe!

Juan Manuel Fangio dispensa apresentações. É, sem dúvida alguma, uma das grandes, enormes, gigantescas lendas do automobilismo (Nota da Redação: na minha lista de façanhas e momentos inesquecíveis, tive a honra de cumprimentá-lo com um aperto de mãos e de vê-lo pilotar uma de suas Mercedes “Flecha de Prata” em Jacarepaguá). Nascido em 24 de Junho de 1911, na Argentina, era conhecido por “El Maestro” ou “El Chueco”, sendo o piloto que dominou a primeira década da Fórmula 1, vencendo cinco campeonatos (em 1951, 1954, 1955, 1956 e 1957), por quatro marcas diferentes (Alfa Romeo, Ferrari, Mercedes-Benz e Maserati). Para se ter uma ideia, era o ídolo de Ayrton Senna…

por Ricardo Caruso



Tudo o que foi utilizado por Fangio tem sempre grande valor e procura por parte dos colecionadores, que gostam sempre de juntar mais uma peça de memorabilia à sua coleção. Desta vez o que será oferecido no mercado é o volante que o piloto argentino utilizou no seu Chevrolet Turismo Carretera de 1939, um carro montado especificamente para competir no país vizinho. Após ser retirado do automóvel, teve diversos “tutores”. O volante pertenceu a David Davis, jornalista da revista “Car and Driver“, que posteriormente o vendeu a Brock Yates, também jornalista, escritor e um dos fundadores da “Cannonball Run”.


O volante será oferecido em leilão, no próximo dia 20 de maio, num evento organizado pela Mecum em Indianapolis. Não há um valor estimado de venda, mas espera-se que seja algo elevado devido à sua história.


Compartilhe!
1716379942