Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

73 anos depois, a Hispano Suiza vai ressuscitar no próximo mês

Compartilhe!

No próximo mês de março, o Salão de Genebra vai ver a estréia do Carmen, um esportivo totalmente elétrico, que vai marcar a reencarnação da marca espanhola de carros de luxo, a Hispano Suiza .

Com o nome de Carmen Mateu, neta do fundador da Hispano Suiza, o novo modelo deverá ser a mistura do visual de um esportivo clássico com tecnologia de ponta. Desenhado, desenvolvido e fabricado em Barcelona, o Carmen será feito à mão e como base terá um chassi de fibra de carbono super-rígido (na foto). O modelo terá o máximo conforto possível nesse tipo de carro, muita inovação e atenção aos detalhes, que farão fronteira com a loucura e serão combinados de maneira única com excelente desempenho elétrico.

De acordo com o próprio fabricante, o novo modelo terá como inspiração o Dubonnet Xenia, um dos veículos mais elegantes e luxuosos fabricados pela Hispano Suiza em 1938. Ao contrário deste clássico o novo modelo contará com um motor eléctrico da QEV Technologies .

Também sediada em Barcelona, ​​a QEV Technologies conta com uma equipe de engenheiros altamente qualificados, com experiência em projetos, engenharia e produção de equipamentos para a Formula-E, marcas de supercarros e fabricantes de automóveis convencionais. A QEV Technologies tem suas bases no esporte a motor com a Campos Racing, e também é o braço tecnológico da Mahindra Formula-E Racing, assim como a base européia para a empresa chinesa BAIC.

Fundada em 1904, após 73 anos fora da indústria automobilística a Hispano Suiza volta pelas mãos da quarta geração da família Suqué Mateu, para produzir sonhos para poucos. Produziu 12.000 unidades em 42 anos e seus motores de avião fizeram muito sucesso, tudo hoje admirado em museus e coleções particulares.

 

 


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *