Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

A agora chinesa Lotus também quer produzir um SUV

Compartilhe!

Depois da Ferrari, agora a Lotus confirmou que vai ter seu SUV. Com capital da chinesa Geely (a dona da Volvo), a marca garante que continuará produzindo esportivos no Reino Unido.

De volata aos planos ambiciosos, o chefão da Lotus garantiu que a produção dos carros esportivos permanecerá em Norfolk, no Reino Unido. Contudo, Jean-Marc Gales admitiu que o primeiro SUV da história da marca (na imagem, ainda um “render”), previsto para 2021, poderá ser fabricado em outro país. O executivo destacou que o utilitário da marca poderá criar um novo nicho de mercado, pois “será leve, aerodinâmico e com um comportamento como nenhum outro SUV”.

Gales quer lançar ainda uma nova geração dos modelos Elise, Exige e Evora com base numa nova plataforma comum.

Bom lembrar que, no início deste mês, os chineses da Geely (a dona da Volvo) passaram a ser acionistas majoritários da marca britânica.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español