Tecnologia

Apple: iCar chega em 2026, e com volante…

Compartilhe!

O projeto do iCar, o carro da Apple, muitas vezes comentado, ainda está em andamento, mas com o lançamento no mercado para um pouco mais tarde do que se pensava antes, e sem ser totalmente autônomo. A data prevista agora é 2026, um ano depois da data original estabelecida.

por Ricardo Caruso

Uma das razões para o atraso, de acordo com fontes da própria Apple, envolvidas com o projeto, foi uma mudança do plano original para desenvolver o carro sem volante e sem pedais. Agora o carro está sendo adequado a esses componentes, já que a capacidade de direção autônoma será limitada à condução em rodovias, em vez de trabalhar em todas as situações.

De acordo com as fontes da Apple, a empresa planeja desenvolver um carro que possa permitir que o motorista assista a um vídeo ou navegue na internet durante a viagem na rodovia e, em seguida, forneça tempo suficiente para o motorista retomar o controle quando necessário. Tal capacidade classificaria o carro no Nível 4 da escala SAE de capacidade de auto-condução. O objetivo final é o Nível 5, que seria um carro que pode corresponder às capacidades de um ser humano.

Antes, as projeções apontavam um interior diferente para o carro, como algo sem volante, pedal e demais itens que pudessem indicar intervenção humana na condução. Agora, ao que tudo indica, os esboços apontam para um automóvel mais convencional (imagem acima), mas com alta dose de trecnologia.

A Apple ainda não deu seu OK para o projeto e desenho finais, e a empresa ainda está procurando um parceiro para fornecer a plataforma. Quanto ao carro em si, é possível dizer que ele está nas mãos de técnicos, engenheiros e executivos que já passaram por empresas como Canoo, Tesla Motors, Lamborghini e Porsche. Segurança e softwares do sistema são de domínio de ex-executivos da Tesla e da Ford.

A gigante do mundo eletrônico permanece em silêncio sobre os planos relacionados ao projeto do carro, muitas vezes chamado de “Projeto Titan”. A empresa registrou várias patentes nos últimos anos relacionadas a carros e à condução, e contratou vários veteranos da indústria automotiva.

A Apple não é a única empresa de tecnologia que procura entrar no negócio de automóveis. A Alphabet está em processo de expansão de seu serviço de taxi Waymo para mais cidades, e a chinesa Baidu tem planos de ter o maior serviço de taxis autônomos do mundo em operação já em 2023. A Sony também se uniu à Honda em outubro último para lançar uma joint venture que trará ao mercado veículos elétricos com sua marca em 2026.


Compartilhe!
1716025216