Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

As estradas pelo mundo, e seus limites de velocidade

Compartilhe!

Aqui no Brasil, os motoristas rodam pelas estradas a 90 ou 120 km/h, sonhando um dia poder acelerar nas autobahns alemãs, as mais famosas rodovias do mundo, acelerando até os 250 km/h. Mas existem vários países onde o limite de velocidade não existe.

thXK94IAGV

Na maioria das famosas autobahns há limites sim de velocidade, e na verdade são cada vez mais raros os locais na Alemanha onde não há limites. Mas existem ainda lugares onde se pode andar WOT (Wide Open Throttle, ou simplesmente, de pé em baixo). Já no resto do mundo o cenário é bem diferente, seja pela qualidade das vias -ou falta de-, seja pelo nível -ou falta de- dos automóveis que por lá circulam.

Para felicidade de quem gosta de acelerar,  existem países onde os limites de velocidade são bastante folgados. Para os amantes de velocidade, as estradas da Polônia e Bulgária são uma boa alternativa, pois nestes países é permitido circular a 140km/h. Se a isto juntarmos a tolerância de 10km/h, o limite efetivo é de 150 km/h.

Já nos Emirados Árabes Unidos, o limite na maior parte das estradas é de 120 km/h, que com os 20 km/h de tolerância completam o limite de 140km/h. Não é nada mau, certo. Mas para alguns motoristas de lá não é  suficiente, considerando os esportivos e supercarros que habitualmente rodam por lá, e onde a própria polícia exibe viaturas como Bugatti Veyron, Ferrari FF ou Audi R8.

Em seguida, existem vários países onde o limite é de 130 km/h, como França, Ucrânia, Itália, Luxemburgo, Holanda, Áustria, Argentina ou Estados Unidos. Destes, é de destacar a Ucrânia, um dos países mais generosos da Europa, onde a tolerância é de 20km/h, totalizando 150 km/h!.

De resto, o mais comum em todo o mundo são mesmo os 120 km/h, que se praticam no Brasil, em Portugal e em mais de 50 países, entre os quais a Finlândia. Neste país a tolerância é de 20km/h e a multa é baseada na velocidade média do infrator medida entre dois pontos.

Mas não é só. Dentro dos próprios países existem estradas com limites específicos superiores aos limites gerais. Na Austrália todas as pistas da região norte (Northern Territory) têm limites de 130 km/h, enquanto que nas demais estradas aquele país restringe a velocidade a 110 km/h. Nos Estados Unidos, apesar do limite de 80 mph (129 km/h), a Texas State Highway tem limites de 85 mph (137 km/h), enquanto que as interstates do estado de Montana simplesmente não têm limite. Isso sim uma maravilha.

Para quem leva a expressão “pé na tábua” realmente a sério, o melhor é mesmo ser prudente e conduzir com moderação. As estradas não são os locais apropriados para grandes velocidades, pois é preciso considerar -pelo menos por aqui- a absoluta falta de habilidade ao volante da maioria dos motoristas. Sem contar os carros caindo aos pedaços que insistem em circular….


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *