Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

AUTO&TÉCNICA 25 ANOS

Compartilhe!

Há 25 anos, a receita para montar uma Editora e colocar nas bancas um título de revista pode parecer hoje algo surreal. Você reúne alguns sócios (cinco no nosso caso); investe um bom capital (e bota bom nisso!); monta uma sede física; compra equipamentos; junta uma equipe de primeira; contrata gráfica faz; importação de papel; produção de fotolito; contrata um artista para fazer projeto gráfico/visual; faz incontáveis reuniões; traça o perfil editorial; distribui funções; apresenta o projeto para montadoras, importadoras e agências de publicidade; corrige o projeto; acerta o plano de distribuição; produz a primeira edição; faz um belo coquetel de lançamento (no nosso caso, dois) e joga no mundo sua cria. Hoje isso é praticamente impossível, por diversas razões, mas foi assim que nasceu a revista AUTO&TÉCNICA, lançada há exatos 25 anos, no dia 8 de maio de 1995, pela CCD Editora.

A edição número 1 de Auto&Técnica.

Há 25 anos, o mundo era diferente. Naquele ano, completou-se um ano da morte de Ayrton Senna, Fernando Henrique Cardoso tomou posse como presidente do Brasil, foi lançado o site de pesquisas Yahoo!, Tóquio sofreu um ataque terrorista com gás sarin, foi iniciada a operação comercial da Internet no Brasil, a Microsoft lançou o Windows 95, o Botafogo foi campeão brasileiro de futebol e, na Fórmula 1, Michael Schumacher conquistou o seu segundo titulo mundial.

Lembranças: o primeiro cartão de visitas

Mas para todos nós, envolvidos no “Projeto AUTO&TÉCNICA”, tudo saiu da rotina quando meu irmão, Rubens Caruso Junior, veio com a ideia, logo no comecinho daquele ano de 1995: “Por que não fazemos uma revista de carros”? A resposta foi: “Vai lá e pesquisa tudo, principalmente custos, e vê se é viável”. Era viável, e assim tudo começou. Montamos uma equipe fantástica de Redação, a alma de qualquer revista: o trio anigomobilista Rogério Ferraresi, Reinaldo Brasileiro e Roberto Haruo, Ricardo Dilser (Diretor e Editor de testes), Claudio Carsughi, Flávio Maia (Diretor de Arte), Mario Villaescusa Arrasa (Editor de Fotografia), meu irmão Rubens (Diretor Comercial e criador de excelentes textos e matérias) e eu. Em comum, todos tinham uma incontrolável paixão pelos automóveis.

Lembranças: a primeira equipe de AUTO&TÉCNICA

Nosso outro irmão, Renato Caruso, envolvido em seus projetos pessoais, deu respaldo ao projeto com seu conhecimento e ajuda financeira quando precisamos, bem como o Ricardo Dilser pai, que emprestou todo seu conhecimento de empresário na estruturação da empresa. Pouco tempo depois ele faleceu, muito novo, deixando enorme saudade. Havia ainda um departamento comercial afinado, departamento de assinaturas e trabalhos de promoções para atuar junto às bancas e jornaleiros.

Lembranças: a primeira placa de testes

A revista nasceu oficialmente naquele dia 8 de maio de 1995, no primeiro de dois grandes eventos no Buffet Érico, o melhor que havia em São Paulo, de nossa amiga Maria de Lourdes Bissi. Teve até exposição de carros antigos e mostra de quadros do artista Juan Besó, homenageando Ayrton Senna.

Tudo deu certo e a revista foi um grande sucesso. Vendas em banca surpreendentes; correções de rota no caminho, com mudanças no quadro de sócios; divulgação em rádios, TVs, outdoors e outras mídias, e tudo que era necessário para manter a qualidade do projeto. Os testes, por exemplo, eram feitos no Campo de Provas da Cruz Alta, da General Motors, em Indaiatuba, com o aval de José Carlos Pinheiro Neto (vice-presidente da GM) e Luiz Cezar Fanfa (diretor de comunicação), amigos e grandes incentivadores de nosso projeto, que não podem ser esquecidos.

8/5/1995 – O evento de lançamento

E assim foi por 19 anos e oito meses e 130 edições normais e outras especiais. O plano inicial projetado era de que a revista existisse por um ciclo de 20 anos, mas o cenário editorial mudou muito e rápido nesse tempo. A passagem do analógico para o digital foi espantosa. As fotos em filmes, os fotolitos, enormes equipes de arte, revisores, arquivos… tudo realmente mudou rápido. E os costumes e hábitos dos leitores e anunciantes também. O fenômeno atingiu tudo o que é impresso, jornais e revistas em especial. Com AUTO&TÉCNICA não foi diferente, e seguimos o caminho natural, de partir para o formato digital. Com isso se perde boa parte do romantismo de gerar uma revista por mês, as correrias para o fechamento da edição, as reuniões de pauta, a diagramação discutida a vários palpites, a produção da capa do mês… Mas não se perdeu a paixão pelo automóvel.

Lembranças: testes feitos no Campo de Provas da GM

Entramos para a história das revistas especializadas em automóveis do Brasil e, porque não, do mundo (modéstia a parte). Ao lado da Sigla/Sisal Editora, éramos as únicas que não pertenciam a grandes grupos editoriais (Abril, Globo, Editora Três, Motorpress e outras), mas fizemos tudo com muita paixão, qualidade de texto e informações, visual inovador e vivenciamos um período que não mais se repetirá nesse setor: a chegada dos importados, que forçou a evolução dos carros nacionais. Sofremos pela sinceridade e críticas nos textos, viajamos o mundo em busca de notícias com abordagens diferentes, testamos centenas e centenas de carros e, mais importante, criamos milhares de amigos, que nos acompanham até hoje.

Lembranças: o projeto gráfico

A revista não “viajou” sozinha nesse tempo. Rendeu filhotes como MOTO&TÉCNICA, CLASSIC CARS, MINI MODELS, STOCK CARS e SUPER CHEVY, entre outras. Tivemos o prazer de ter colaboradores como Marcus Zamponi, Roberto Nasser, Sérgio Aparecido, nosso mestre José Luiz Vieira, Fernando Calmon, Enio Brandemburg, João Colatrello, Julio Carone, Rodrigo Maluhy, Gabriel Marazzi e tantos outros.

ESPECIAL: a primeira edição, digitalizada para você (clique aqui)

Enfim, os tempos mudaram, e muito, mas AUTO&TÉCNICA segue vida nova -digital- há quase 10 anos. AUTO&TÉCNICA no formato atual, acredite, é uma das veteranas do setor, tão trabalhosa de fazer quanto nos tempos de impressa, e que conta com o incansável Marcos Cesar Silva se desdobrando na produção de conteúdo. Hoje somos parceiros do Grupo Bandeirantes. Parece estranho, mas continua sendo feita com o mesmo carinho de antes, pensando exclusivamente no leitor.

Lembranças: as “provas” de A&T 01, liberadas para impressão

Por isso, cada um que participou dessa trajetória faz parte da nossa história, que começou a 25 anos atrás, num dia qualquer, quando alguns malucos decidiram criar uma revista de automóveis. E não uma revista qualquer, para nós, era a melhor revista do mundo.

Valeu a pena e faríamos tudo de novo.

Ricardo Caruso


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *