Classic CarsSlide

“Baby you can drive my car”: os carros dos Beatles

Compartilhe!

No ano em que os Beatles se preparam para lançar a primeira música tema em muitas décadas, produzida com a contribuição da inteligência artificial (que permitiu isolar a voz de John Lennon a partir de uma antiga gravação), é um bom momento para aproveitar a ocasião e trazer uma lado menos conhecido dos “Fab Four”. Como bons ingleses e ricos, adoravam -e adoram- automóveis. AUTO&TÉCNICA listou alguns dos seus preferidos. George e Lennon se fora, mas Ringo e Paul seguem a tradição.

por Ricardo Caruso



John Lennon gostava de carros grandes. Do Rolls Royce Phantom V com pintura psicadélica à Mercedes-Benz 600 Pullman branco, passando por uma station wagon Chrysler. Mas também gostava de sua wagon Mercedes-Benz 300 TD, para as viagens em família. Mas o seu primeiro automóvel depois do sucesso, adquirido alguns dias depois de tirar a carta em 1965, foi uma Ferrari 330 GT 2+2 azul. Um começo de vida ao volante que não era para qualquer um. A bela Ferrari foi vendido em 2013, por 360.000 libras (R$ 2,3 milhões hoje). Também em 1965 Lennon comprou uma Mercedes-Benz 230 SL “Pagoda”, que foi vendido em 2017 por US$ 500 mil.



Antes da Mercedes-Benz 300 TD, Lennon utilizou um simplório Austin Maxi e uma enorme station Chrysler Town & Country verde 1972, inicialmente adquirida pela Apple Records e utilizada por Lennon e Yoko Ono nas suas viagens nos Estados Unidos. estava equipada com toca-fitas de cartucho (de oito pistas) e alto-falantes nos encostos dos bancos dianteiros.

Em 1971, tempos depois da separação dos Beatles, Lennon comprou um carro funerário que havia sido feito a partir de um Austin Princess. No interior colocou duas filas de bancos de avião. Este carro aparece diversas vezes no filme “Imagine” e a sua placa americana é “EMAJIN”. Foi vendido em 2016, por US$160 mil. Outra escolha estranha de John Lennon foram os Iso, carro de produção italiana mas com mecânica americana. Consta que teve um Rivolta e vários –possivelmente três– Iso Fidia. Em outras imagens, o músico surge também muito feliz ao volante de um modesto Triumph Herald. Excentricidades dos gênios… John Lennon foi assassinado em nova Iorque, à porta do seu prédio (edifício Dakota) em 1981.

Paul McCartney, no quesito automóveis, foi talvez o mais moderado dos Beatles. Teve um Mini Radford, como quase todos os outros Beatles, uma espécie de Mini Cooper de luxo. O seu tinha o motor de Cooper S 1275 e foi entregue em 1965. Teve ainda dois Aston Martin, um DB5 e um DB6, ambos cupê e uma Lamborghini 400 GT. Foi visto em férias de família ao volante de um Mini Moke e aparece também junto de um Land Rover. Ainda mantém o seu Chevrolet Corvette C5 conversível azul 2005, mas utiliza no dia a dia um Lexus LS 600h, h´brido. Nada como defender o meio-ambiente, mas sem baixar muito o nível…

A personalidade exuberante de Ringo Starr é mais bem representada pelo Chevrolet Bel Air 1957 customizado por George Barris, trazendo labaredas na pintura, motor preparado e escapamento lateral. Mas o seu primeiro automóvel foi um modesto Standard Vanguard Van. Depois teve um Ford Zephir, um Mini Cooper Radford De Ville, um belíssimo Facel Vega 1965, um Ford Mustang de 1968. O seu Mercedes-Benz 190E personalizado descansa hoje no museu da marca alemã, em Stuttgart.Em 1980, em Londres, a caminho de uma festa, sofreu um grave acidente com sua clássica Mercedes 280 SE. Apesar da gravidade e do susto, Ringo saiu ileso.

George Harrison era o petrolhead da banda. O seu primeiro carro foi um Ford Anglia 1955. Mas quando conheceu o sucesso, o brilhante mas discreto Harrison, teve uma sucessão fantástica de bons carros. Jaguar E-Type cupê, Aston Martin DB5, Ferrari 365 GTC, Dino 246 GTS…

Teve várias Mercedes-Benz preparados pela AMG e alguns Porsche 911, 930 Turbo e 928 S. Em 1994, comprou uma McLaren F1, quea família ainda mantém. O seu Mini Cooper S de 1966 foi pintado de maneira psicodélica para fazer conjunto com o Rolls-Royce de John Lennon, e que apareceu no filme “Magical Mistery Tour”. Em 2009, a Mini produziu um Cooper S com a pintura inspirada no original. Este exemplar único foi leiloado e o dinheiro reverteu para a fundação “Material World”, que Harrison fundou em 1973. Este beatle era apaixonado por corridas e sempre era visto nos paddocks da Fórmula 1, além de ser amigo pessoal de Emerson Fittipaldi. George Harrison morreu de câncer em 2001.

GEORGE HARRISON

Mini Cooper “George Harrison” 2009
O Mini Cooper S 1966 de Harrison, e o especial de 2009.
Mercedes 560E AMG.
Dino 246 GTS, um dos carros favoritos de Harrison.
Ferrari 365 GTC
Aston Martin DB5
JaguarE Type
George e Paul MacCartney a bordo de um Austin-Healey Sprite.
Ford Thames
Ford Anglia, o seu primeiro carro.
Na McLaren M26 de James Hunt.

RINGO STARR

Mini Cooper Radford
A Mercedes 280 SE: acidente em Londres, 1980.
Seu primeiro carro foi esse Standard Vanguard.
Facel Vega, comprado em 1964.
Chevrolet Bel Air 1957, street rod, customizado por George Barris.
Esta Mercedes 190E está na coleção da marca.

PAUL McCARTNEY

Lexus LS 600H
Paul, Linda e o Land Rover.
Ao volante de um mini Moke.
Lamborghini 400 GT
Aston Martin DB6, em 1967.
DB5, o primeiro Aston Martin de Paul McCartney.
Paul e Linda num Mini Ratford.
Mini Cooper

JOHN LENNON

Imagem rara: Lennon a bordo de um Porsche.
Um dos vários Iso Fidia que teve.
Este é o Austin Princess funerário 1956, que aparece no filme “Imagine”
230 SL “Pagoda” comprada em1965.
A Mercedes-Benz W123 300 TD de Lennon
Rolls Royce Phanton V de Lennon e o Mini Cooper S de George Harrison.
O lendário Rolls-Royce Phanton V.
Triumph Herald conversível.
Esta Ferrari 330 GT 2+2 1965 foi o primeiro automóvel de John Lennon depois da fama.
A família Lennon saindo para uma viagem, com um Austin Maxi.
Lennon, Yoko e o que sobrou de um Austin Maxi.
Mercedes-Benz 600 Pullman.

Chrysler Town and Country Station wagon 1972


Compartilhe!
1716107991