Carros

Cadillac Celestiq 2024 recoloca a marca no segmento de ultra-luxo

Compartilhe!

Os consumidores fiéis da marca estavam esperando por essa notícia há décadas, e parece que finalmente a empresa americana acordou e decidiu dar o primeiro passo para voltar para o segmento de carros de ultra-luxo. Ela fará isso em apenas um ano, com o Cadillac Celestiq 2024, modelo que promete atingir níveis de refinamento e luxo nunca antes vistos na marca. E ele vai fazer isso, é claro, totalmente elétrico.

por Ricardo Caruso

O Celestiq está programado para entrar em produção em dezembro de 2023, daqui pouco mais de um ano. O preço por enquanto é palpite de qualquer um, mas a Cadillac insinua algo na “parte norte dos US$ 300 mil”. Em outras palavras, vai agradar figuras numa camada muito mais alta do que as de outros grandes sedãs elétricos, como a Lucid Air Sapphire, a Mercedes-AMG EQS, a Faraday Future FF91 ou a própria Bentley Flying Spur Hybrid.

Em outras palavras, um carro com preços de Rolls-Royce Ghost. O Cadfillac Celestiq 2o24 será construído à mão, em volumes extremamente baixos, em Warren, Michigan. Ele usará a plataforma Ultium que, em sua parte inferior, tem seis componentes de alumínio fundidos com o uso de areia de precisão. Cada um deles ajuda a eliminar de 30 a 40 componentes em comparação com a construção típica estampada. Além disso, permite a “expressão final de personalização e ultra-luxo inigualáveis do cliente, habilitada por técnicas avançadas de fabricação”. Também tem 115 peças impressas 3D e usa algo que a marca chama de “fabricação flexível”.

O uso de materiais, como a fibra de carbono leve, permite o desenho exclusivo do Cadillac Celestiq 2024. A frente segue os passos do Lyriq e possui “grade” totalmente fechada. É ladeado por faróis “Digital Micromirror Device com 1,3 milhões de pixels cada. O elegante para-brisas leva a um teto bem inclinado.

Este telhado é feito de vidro “inteligente” e é dividido em quatro zonas diferentes. Ele usa a tecnologia de dispositivo particulado para ajustar a quantidade de luz que entra na cabine. Há também uma asa traseira ativa, portas de abertura e fechamento elétricos e rodas de alumínio, forjadas, de 23 polegadas calçadas com pneus Michelin Pilot Sport EV.

Por dentro, o minimalismo toma conta de tudo. O luxo está presente, embora seja um pouco redundante falar disso num carro de ultra luxo. Destaque para uma tela de 55 polegadas que ocupa toda a largura do painel. Ele combina um conjunto de instrumentos digital e um sistema de multimídia do motorista com tela para os passageiros.

Há também um centro de comando com tela de 11 polegadas no console; seguido por outro painel de controle de 8 polegadas na parte traseira. Os bancos traseiros são acompanhados por duas telas de 12,6 polegadas que formam o sistema de entretenimento. Onde encontramos maiores luxos é nos equipamentos disponíveis.

Temos um ar-condicionado de quatro zonas, revestimentos de couro aplicados à mão e inúmeros detalhes metálicos que apresentam, segundo a marca. “fresagem fina, anodizada e polimento final manual”. Além disso, iluminação ambiente com LED, sistema de áudio AKG de 38 alto-falantes, bancos aquecidos e ventilados, apoios de braço aquecidos e outros sistemas.

Para mover tudo isso, encontramos uma bateria de 111 kWh que alimenta um sistema de tração integral de dois motores. Desenvolve cerca de 608 cv de potência e 87 mkgf de torque máximo. Graças a isso, acelera de zero a 100 km/h em 3,9 segundos e tem autonomia de até 483 km com uma única carga. Na verdade, autonomia um pouco limitada para tal bateria.

O Celestiq só suporta carregamento rápido DC de até 200 kW. Isso o deixa em desvantagem em comparação com a capacidade de carregamento de 350 kW oferecida, por exemplo, pelo Porsche Taycan ou pelo próprio Hyundai Ioniq 5. A Cadillac observa que o Celestiq é capaz de oferecer “o máximo em refinamento de condução”. Para isso, inclui várias tecnologias.

É o caso da suspensão a ar adaptativa, o controle de atuação magnético e um sistema de direção traseira ativo, que permite que as rodas traseiras girem até 3,5 graus. Somados a estes estão o controle de inclinação ativo e sistema de direção elétrica que se ajusta automaticamente à velocidade do veículo.

O Celestiq também terá o sistema de condução semiautônoma Ultra Cruise. Ao mesmo tempo em que oferece extensas opções de personalização, cada carro será “pessoalmente encomendado” e nenhum será parecido com outro. Como parte desse esforço, os compradores “trabalharão diretamente com revendedores selecionados e desenhistas da Cadillac”.


Compartilhe!
1716522705