Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Coronavírus: Salão de Nova Iorque foi adiado

Compartilhe!

Os efeitos do coronavírus continuam produzindo vítimas, inclusive no mundo do automóvel. Depois do cancelamento do Salão de Genebra, agora temos a notícia do adiamento do Salão de Nova Iorque.

Confirmado o adiamento do Salão de Nova Iorque para o período entre 28 de agosto a 6 de setembro — deveria abrir portas no dia 10 de abril— devido à pandemia de coronavírus. Isso não é uma surpresa, afinal o Salão de Genebra foi cancelado numa época em que havia apenas 15 casos confirmados de coronavírus na Suíça. Estranho seria se o mesmo não acontecesse com o Salão de Nova Iorque; a cidade norte-americana se contava, no dia do cancelamento (10/03) com 36 casos (no total há 173 casos no Estado de Nova Iorque).

A decisão de adiar o evento para o final do mês de agosto surge depois de a organização do evento ter anunciado um reforço das medidas de higienização do espaço, algo que também o Salão de Genebra fez antes do seu cancelamento, e a instalação de 70 postos onde os visitantes poderiam desinfetar as mãos.

Sobre o adiamento do Salão de Nova Iorque, Mark Schienberg, presidente da Associação de Revendedores de Automóveis de Nova Iorque (a entidade que organiza o evento) afirmou: “Tomamos esta decisão extraordinária para ajudar a proteger os participantes, expositores e todos os visitantes do coronavírus”.

Cerca de 50 lançamentos estavam previstos para o evento no próximo mês.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *