Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

CRISE: LOTUS F1 DEVE MAIS DE US$ 160 MILHÕES

Compartilhe!

3fcda29e57z85pfqd9guyui46

Apesar de ter sido uma das melhores equipes de Fórmula 1 nas duas últimas temporadas, a Lotus e sua proprietária, a Genii Capital, estão muito endividadas, num valor que atinge mais de US$ 160 milhões.

O proprietário da equipe, Gerard Lopez, falou da dívida para jornalistas europeus. “Temos cerca de US$ 160 milhões de dívidas, dos quais mais de US$ 110 milhões é com nós mesmos (Genii Capital). Por qual razão haveríamos de exigir esse valor? Isso não faz sentido. Aceitamos esse dinheiro como despesas de marketing. Neste momento é importante que a equipe siga em frente”, afirmou Lopez. Explicou mas não convenceu. Isso ainda deixa a equipe com quase US$ 50 milhões em dívida aos credores reais.

Lopez vendeu 35% da equipe em junho para um fundo de investimento chamado Infinity Racing. Além disso, o dono da equipe esperava maior investimento de um grupo chamado Quantum, mas o negócio acabou não se concretizando. Em vez disso, o dinheiro foi substituído por patrocínio da empresa petrolífera estatal venezuelana PDVSA, que Pastor Maldonado trouxe quando foi contratado pela Lotus.

“Para 2014 teremos à nossa disposição o orçamento do nosso novo patrocinador PDVSA. Nós não vamos gerar mais nenhuma dívida nova”, garantiu Lopez. Kimi Raikkonen deixou a equipe a duas corridas do final da temporada por causa de uma lesão, no entanto, inicialmente foi noticiado que sua ausência se devia a falta de pagamento do seu salário. No final da temporada a equipe devia a Raikkonen pouco mais de US$ 20 milhões e, de acordo com Lopez, Raikkonen “já recebeu parte do seu salário e vai receber o resto”.

Outro dos problemas enfrentados pela equipe é o fato de ainda não ter um acordo de fornecimento de motores assinado com a Renault. Como os engenheiros da Lotus ajudaram a desenvolver o sistema KERS da Renault, agora a equipe está tentando usar isso para obter um preço mais reduzido nos motores.

O primeiro treino de pré-temporada da Fórmula 1 começa no dia 28 próximo, em Jerez de La Frontera, Espanha. No entanto, a Lotus já anunciou que não vai participar nessa sessão, pois não tem como começar a desenvolver o carro.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español