Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Da F-1 para as ruas: Mercedes AMG testa turbos elétricos

Compartilhe!

59c4f5a7587e4d79a65a28dde0cb84d7_2_L

O chefão da AMG confirmou que a divisão esportiva da Mercedes-Benz (na foto o S63 AMG) está testando o uso de turbocompressores elétricos nos seus modelos. Jochen Martin Schmid admitiu que os motores e-turbo, que seguem um princípio idêntico ao do motor 1.6V6 com um turbo de assistência elétrica utilizado com sucesso na temporada de 2014 da Fórmula 1, deverão ser instalados em modelos de rua: “Neste momento, muitas marcas estão atentas a esta tecnologia, e nós próprios estamos pesquisandos seus benefícios há já algum tempo”.

Trata-se de um turbocompressor semelhante ao que é utilizado na F-1, que regenera energia para as baterias e elimina a demora na resposta do turbo. A Audi apresentou esse sistema no RS5 TDI concept e já confirmou para o próximo Q7 com lançamento previsto entre 2015 e 2016. No processo de carregamento elétrico do turbo, o compressor é alimentado por um motor elétrico em vez de o ser pelos gases de escapamento, e proporciona melhor resposta a baixas rotações, além de consumos mais reduzidos.

59c4f5a7587e4d79a65a28dde0cb84d7_L

Como de hábito, a transferência dessa tecnologia para os carros de rua não será linear, uma vez que nas competições atingem regimes bastante elevados de funcionamento, e precisam ser ajustados às novas solicitações. Schmidt assume que os motores “híbridos” da F-1 poderão beneficiar em vários aspectos os modelos de rua.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español