Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

E o carro mais vendido no Japão em 2019 foi o…

Compartilhe!

Se você pensou em Corolla, errou. Se apostou no Civic, também errou feio. A JADA (Japan Auto Dealers Association, associação de revendedores de automóveis do Japão) divulgou a lista de carros mais vendidos naquele país em 2019, e não houve surpresas: o Honda N-BOX foi, pelo terceiro ano consecutivo, o modelo mais vendido.

Com 253.500 veículos comercializados, o Honda N-Box alcançou o primeiro lugar do pódio, seguido pelo Daihatsu Tanto, com 175.292 unidades vendidas, e o Suzuki Spacia com 166.389 unidades. Na lista dos 10 carros mais vendidos por lá em 2019, metade são do tipo “kei cars”, o que comprova a imensa preferência popular por este tipo de veículo, normalmente urbanos, com motor de 660 cm3 e visual estilo “caixote”. Os veículos kei mais populares foram os que apresentaram maior espaço interior e tecnologias de segurança como frenagem automática.

 

A associação explicou ainda que os kei cars  conquistam cada vez mais a preferência das famílias japonesas: “Antigamente, os kei cars eram utilizados como veículos secundários para se ir para o trabalho. Mas agora, como começaram a ter as mesmas opções de segurança que os veículos comuns, estão se tornando o carro principal das famílias para viagens, compras etc”. Facilidade para estacionar e baixo consumo de combustível ajudam na popularização desse tipo de carro.

Nos anos 1990, alguns kei cars chegaram a ser vendidos no Brasil (fotos abaixo). O Subaru VIVIO (que em algarismos romanos significa 660, alusão à sua cilindrada) foi um deles. Daihatsu Cuore e Daewoo Tico foram outros. O Gurgel BR800 poderia se enquadrar nessa categoria.

 

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *