Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Em breve: Volkswagen será de novo o “carro do povo”. Só que elétrico

Compartilhe!

Houve uma época em que a Volkswagen era grande, se metia em menos fraudes e era uma empresa tão confiável quanto rentável. Seu alicerce era o Fusca, o “carro do povo”, e para os proximos anos a marca quer retomar sua posição de destaque no cenário mundial. O futuro do automóvel está desenho: os carros serão elétricos ou híbridos, e não há como escapar disso. Pelo menos no Primeiro Mundo. A Volkswagen apresentou seu plano estratégico rumo ao futuro elétrico, que passa pelo reposicionamento da marca alemã em várias regiões e segmentos. O alvo não é apenas a eletrificação pura e simples dos veículos, mas também é clara a forte aposta nos serviços de mobilidade elétrica (e-mobilidade) e conectividade.

vw-strategy-next-decade-2

Denominada “Volkswagen: Moving People Forward”, a nova estratégia da Volkswagen é, de acordo com Herbert Diess, chefão da marca alemã, assumidamente ambiciosa: “Queremos nos beneficiar dessa mudança e levar a Volkswagen à liderança na nova indústria automotiva com determinação. Ao longo dos próximos anos, a Volkswagen vai mudar radicalmente. Pouquíssimas coisas vão ficar iguais. Numa visão geral, esta nossa estratégia é um programa de transformação enorme”.

A reorientação da VW está prevista para acontecer em três fases: a primeira (até 2020) visa permitir a reestruturação do seu negócio de base, desenvolvendo, ao mesmo tempo, novas competências; a segunda (de 2020 a 2025) será a de colocar a Volkswagen na dianteira da tecnologia elétrica e regressar ao caminho do sucesso e da rentabilidade em larga escala. A última fase (de 2025 a 2030) não terá outro objetivo a não ser consolidar a posição da marca no setor automotivo, seja em termos de mobilidade avançada, seja em conectividade.

“Não estamos focando em produtos de nicho, mas para todo o mercado automotivo. A partir de 2025, queremos vender um milhão de automóveis elétricos por ano e sermos o líder mundial na mobilidade elétrica. Os nossos futuros modelos elétricos serão a imagem de marca da Volkswagen”, explicou Diess.

Em termos de conectividade, a VW espera ter cerca de 80 milhões de utilizadores ativos em todo o mundo até 2025 e realizar, a partir dessa data, um volume de negócios estimado em cerca de US$ 1,2 bilhões por ano.

 


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español