Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Europa evoluiu a etiquetagem de pneus

Compartilhe!

No próximo mês de maio será introduzida na Europa uma nova etiquetagem de pneus, que permitirá aos consumidores acesso a mais informações e mais facilmente comparáveis, em matéria de eficiência energética, segurança e ruído. Com estas informações adicionais, os consumidores poderão tomar decisões mais acertadas e sustentáveis ao adquirir pneus. A previsão é que esse sistema se estenda a outros mercados, podendo chegar ao Brasil em médio prazo.

A nova etiquetagem inclui alterações nas escalas das diferentes categorias de desempenho dos pneus: eficiência energética e aderência em pavimento molhado, enquanto que ruído exterior de rodagem é agora indicado pelo número de decibéis e pelas letras A, B ou C.

Os consumidores podem acessar à ficha de informação do produto acessando o QR Code disponível na etiqueta. Outra novidade consiste em dois pictogramas, onde um deles indica se é um pneu para utilização em condições de neve extremas (o que não é o caso do Brasil) e outro indica se é um pneu com aderência em gelo (também pouco funcional por aqui). A partir de maio de 2021, a informação da nova maneira de rotular pneus deve também ser disponibilizada para a categoria de veículos comerciais pesados (Classe C3 na Europa).

Na nova rotulagem, as classes de A a C permanecem inalteradas. Para as categorias de veículos C1 (turismo) e C2 (comerciais leves), que anteriormente integravam a classe E para eficiência energética e aderência em pavimento molhado, pertencerão agora à classe D, que anteriormente estava vazia, ao passo que os que pertenciam às classes F e G serão integrados na classe E. Isto torna a escalas das classes da rotulagem dos pneus mais clara e fácil de interpretar.

Os consumidores podem descarregar mais informações sobre cada pneu pelo QR Code que aparece no canto superior direito da etiqueta do pneu. O QR Code fornece endereço para uma base de dados EPREL (EPREL = European Product Registry for Energy Labelling), que contém a ficha informativa do produto. Esta ficha mostra todos os valores da etiquetagem para o pneu específico, bem como o início e o fim da produção do respectivo modelo.

A etiqueta de pneus atual aplicada na Europa (introduzido em 11/2012) e a nova rotulagem (que entrará em vigor em 1o. de maio de 2021).

As fichas de informação do produto são todas introduzidas individualmente na base de dados EPREL pelo fabricante do pneu e, como no passado, a atribuição à classe da rotulagem é também responsabilidade do respectivo fabricante.

Este novo processo de identificação das propriedades de pneus foi desenvolvida para ajudar os consumidores a escolher pneus mais eficientes em termos de consumo de combustível, ao mesmo tempo que obtém informação sobre distâncias de frenagem em pavimento molhado. Tanto para os consumidores como para os operadores comerciais, a opção por pneus com maior eficiência energética pode levar a economias substanciais em termos de custos de combustível, bem como redução de emissões de CO2. A informação clara sobre a aderência em piso molhado contribuirá para maior segurança nas vias, enquanto a informação sobre o ruído exterior de rolagem é concebida para ajudar a reduzir a poluição sonora gerada pelo tráfego rodoviário. Preocupações de Primeiro Mundo, que deveriam ser seguidas por aqui.

Mais informações confira aqui


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español