SlideTecnologia

Kia prepara uma linha completa de furgões e vans elétricos e modulares

Compartilhe!

A Kia acabou de divulgar que tem planos futuros para fabricar uma linha de furgões e vans comerciais elétricos, feitos sob medida para os clientes. Esta é a estratégia PBV (Platform Beyond Vehicle) que foi revelada na “Consumer Electronics Show” (CES) 2024, em Las Vegas, Estados Unidos. De acordo com a própria marca, o negócio PBV da Kia será inicialmente baseado na introdução de um novo veículo modular, do qual o Kia Concept PV5 será uma prévia.

por Marcos Cesar Silva

Os PBV da Kia são uma solução de mobilidade total, que combina veículos elétricos construídos especificamente com soluções de software avançadas (SDx), baseadas na estratégia desse tipo de programas para todo o Hyundai Motor Group.

Kia PBV

Com o lançamento do projeto PBV, a marca se comprometerá a oferecer uma linha diversificada de veículos personalizados para atender às necessidades individuais dos clientes. O roteiro é dividido em três fases distintas, e ilustra como os PBV serão fundamentais para concretizar a visão SDx do Grupo, onde dispositivos que oferecem soluções personalizadas de acordo com os padrões de uso dos clientes serão disponibilizados.

Kia PBV

A primeira fase verá a introdução do Kia PV5, veículo elétrico versátil, otimizado para áreas como de entrega, sendo utilitários que apresentam conversibilidade para várias necessidades dos clientes.

Kia PBV

A segunda fase verá a linha de modelos PBV específicos concluída, e os PBV evoluirão para plataformas de mobilidade baseadas em Inteligência Artificial, que usam dados para interagir com os usuários e garantir que os veículos estejam sempre atualizados. Na terceira fase, os PBV evoluirão para soluções de mobilidade personalizadas e altamente personalizáveis, integrando-se ao futuro ecossistema de mobilidade.

Kia PBV

Usando a tecnologia “Easy Swap” para responder de forma flexível a várias demandas dos clientes, um chassi de veículo pode ser usado para atender a várias necessidades de mobilidade. Atrás de uma cabine fixa, ou “zona do motorista”, podem ser ligados ao veículo-base vários módulos, os “módulos de vida”, utilizando uma tecnologia híbrida de acoplamento eletromagnético e mecânico, transformando o PBV num táxi de dia, num furgão à noite ou num motor home aos fins-de-semana. Basicamente um “carro-Lego”…

Kia PBV

A modularidade é possível graças ao conjunto de estrutura da carroceria sem emendas “Dynamic Hybrid”, que permite que o comprimento dos itens móveis seja ajustado de forma flexível, de acordo com a finalidade de uso do veículo. Composto por tubos de aço de alta resistência e polímeros estruturais, as peças utilizadas são reduzidas em 55% sem perda de rigidez.

E como serão as vans e veículos comerciais da KIA? Na primeira fase, várias versões do “PV5” estarão disponíveis: Basic, Van High Rooftop e Chassi Cab. No futuro, a Kia também planeja introduzir um modelo Robotaxi desenvolvido com a Motional joint venture com a Aptiv). Na segunda fase, a simbiose do ecossistema PBV será complementada por outros dois modelos, o “PV7” e o “PV1”, além de maior interação e conectividade entre os veículos.

O Kia PV7 será o maior produto desta linha, distinguindo-se por mais espaço interior, maior autonomia e funcionalidades otimizadas. Por outro lado, o KIA PV1 será posicionado como o menor produto da série, adequado para transporte logístico ágil e de curta distância, usando módulos para minimizar o raio de giro mesmo em espaços apertados.

Uma fábrica exclusiva para essa linha está sendo construída em Hwaseong, na Coreia do Sul, para a produção dos PBV. A unidade está programada para entrar em operação em 2025, com capacidade para produzir 150.000 veículos/ano.


Compartilhe!
1721102159