Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Massa, parado, iguala recorde; Bottas, acelerando, bate recorde

Compartilhe!

A equipe Williams bateu o recorde de velocidade na Fórmula 1, quando Valteri Bottas chegou aos 378 km/h nos treinos para o GP da Europa, em Baku. O fato foi divulgado pela própria Williams, depois de analisar a telemetria do carro do piloto finlandês durante a classificação.

thWZ7GH0E3

Bottas ficou muito perto de alcançar os 380 km/h na longa reta de 2,1 km de Baku, batendo a marca de 372,6 km/h alcançados em 2004 por Juan Pablo Montoya, em Monza (Itália). A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) ainda não confirmou oficialmente a marca

E se Felipe Massa não conseguiu acompanhar a velocidade de seu companheiro de equipe, como uma espécie de “prêmio de consolação” igualou o tempo de parada no box para troca de quatro pneus mais rápido de todos os tempos. Isso mesmo. Não bateu o recorde, mas pelo menos igualou a marca de míseros 1,92 segundos, o mesmo tempo da parada de Mark Webber no GP dos Estados Unidos de 2013.

Este ano a Williams tem tido desempenho muito ruim nas pistas, mas está imbatível nas paradas, sendo a oitava vez em oito corridas que é a equipe mais rápida. O desempenho deixou Felipe Massa surpreso. “Fiquei surpreendido na primeira vez que tive uma parada tão rápida. Até perdemos tempo na saída, porque foi mais rápido do que se esperava”, afirmou o piloto.

Com isso, a Williams está, de resto, bem encaminhada para conquistar o prêmio da DHL, para a parada mais rápida da temporada, criado para reconhecer os “heróis anônimos” que contribuem para o sucesso dos carros na pista.

Resumindo: Bottas bateu seu recorde acelerando, e Massa -vivendo uma interminável fase negra- só conseguiu igualar uma boa marca, mas parado…


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español