Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Mercedes AMG GT R: o diabo veste verde

Compartilhe!

Ganhou na Mega Sena e não tem idéia de onde gastar o dinheiro? Então vamos ajuda-lo a de decidir. A Mercedes AMG GT R foi apresentado no Festival de Goodwood. É verde, ameaçadora, abusa do uso de fibra de carbono e é o primeiro modelo da linha a usar rodas traseiras direcionais. A Mercedes AMG GT R é fruto do trabalho dos melhores engenheiros da AMG, que se dedicaram a este projeto com dois objetivos: reduzir o peso e aumentar a eficiência do AMG GT. Convencido? Ainda não?

mercedes-amg-gt-r-750x400

Nascida e criada em Nürburgring, esse absurdo esportivo chegou à balança mostrando o resultado da dieta: menos 90 kg de peso contra os 1554 kg da versão S. É possível retirar mais 16,7 kg ao peso, se o cliente optar por instalar freios com discos de cerâmica. Debaixo do capô está o já conhecido motor 4.0V8 Biturbo, que tem agora mais 75 cv de potência do que a versão S. Com 585 cv e 70 mkgf de torque, esta Mercedes AMG GT R é realmente infernal.

mercedes-amg-gt-r-26-750x422

Como não poderia deixar de ser, o desempenho condiz com a potência e visual do Mercedes AMG GT R. A aceleração de zero a 100 km/h é feita em 3,5 seg. (0,2 segundos mais rápido do que a versão S) e a velocidade máxima é de 318 km/h, contra os 310 km/h do AMG GT S.

Na lista de novidades há pelo menos uma que se destaca por ser estreia na linha: o GT R é o primeiro AMG GT a receber quatro rodas direcionais. Como é normal nestes sistemas, as rodas traseiras viram no sentido contrário das dianteiras até determinada velocidade (100 km/h) para garantir maior agilidade, sendo que a partir dessa velocidade passam a acompanhar a direção das rodas dianteiras, para maior estabilidade a alta velocidade.

Por fora, esta proposta da Mercedes-AMG não podia ser mais chamativa, com a pintura especial “AMG Green Hell Magno” sendo uma espécie de “cereja do bolo”, junto com as rodas de 19 polegadas na frente e 20 polegadas atrás. No interior o ambiente é igualmente exibicionista, como manda a tradição nestas versões que nada tem de discretas.

Os bancos AMG podem ser combinados com cintos de segurança amarelos, para combinar com as pinças dos freios e com o “R da logomarca”. Além dos bancos esportivos, as laterais do console e painel recebem também acabamento em couro. Há comandos específicos para esta versão e o controle de tração pode ser configurado de nove formas diferentes, a última “com mais emoção”.

Convencido agora?


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *