Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Mercedes exibe o conceito adVANce em Las Vegas

Compartilhe!

“Nova estratégia, nova cultura”! É dessa forma que a Mercedes-Benz descreve a transformação que a marca está passando e que a vai levar de um fabricante de veículos, no caso comerciais, para um fornecedor de soluções para o setor dos transportes.

Dai a presença da marca alemã no Consumer Electronics Show (CES) de Las Vegas com este Mercedes adVANce, uma estratégia que tem como base oferecer soluções de transporte com base no “Vision Van”, modelo que tem na eficiência seu maior destaque e que permite novos tipos de entregas. Esta “Vision Van” foi apresentada em setembro do ano passado.

“O transporte de bens e pessoas sempre foi vital para o desenvolvimento global da economia. Com a digitalização e a internet mais as redes sociais, estamos experimentando uma nova revolução industrial e econômica”, explicou Volker Mornhinweg, chefão da Mercedes Vans, acrescentando que “numa era de explosão do comércio online, a interligação entre o transporte e a digitalização desempenha papel decisivo. Conectividade inteligente faz nascer novos serviços, melhora a conveniência dos existentes e a flexibilidade, refletindo-se tudo isso na satisfação do cliente final, ao mesmo tempo que melhora as entregas”.

A Mercedes Vision Van combina de forma quase perfeita os campos da digitalização e dos transportes, integrando informação e tecnologia num nível sem precedentes. É a primeira van em todo o mundo que está integrada num conceito de completa digitalização da cadeia comercial, desde o armazém até ao destino final.

O compartimento de carga é totalmente automático, há drones integrados para entregas aéreas e um “joystick” de controle geral. Com motorização elétrica de 101 cv, tem autonomia de 270 km. O software de controle está alojado numa “nuvem”, e o hardware está otimizado para permanentes atualizações, e por tudo isto a Mercedes divulga que a Vision Van estabelece novos padrões de eficiência, qualidade e flexibilidade para as entregas de curta distância.

VANS E ROBÔS

Sob o lema “Vans and Robots”, a Mercedes Vans mostrou também em Las Vegas outro projeto pioneiro para entrega de mercadoria. Em colaboração com a Starship Technologies, “startup” que desenha robôs para entregas, a Mercedes transforma uma van numa loja ambulante de mercadorias com centro de distribuição para entregas automatizadas de curta distância. Ou seja, a van passa a ser a base de um novo tipo de sistema de entrega, com baixos custos de infraestrutura.

A ideia tem por base uma Mercedes Sprinter que incorpora um sistema de gavetas que opera de acordo com o principio de abertura sequencial. A gaveta principal tem 54 cargas para oito robôs de entrega. Um algoritmo calcula o percurso da van com paradas otimizadas para que os robôs possam fazer entregas e recolher robôs vazios que tenha feito já a sua entrega. Estes são recolhidos em pontos específicos pré-definidos.

mercedes-benz-advance_12

A visão de longo prazo deste conceito -que também ficará conhecido como “Mothership”- é levar uma frota de robôs autônomos para otimizar e coordenar as suas rotas autônomas com a van da Mercedes. Por isso mesmo, esta colaboração entre a Mercedes e a Starship vai ser aprofundada.

Finalmente, o conceito adVANce. A colaboração da Mercedes com a Starship indica que a Mercedes Van vai implementar novos processos de trabalho e nova cultura corporativa, debaixo do conceito adVANce. Enquanto a estratégia continua focado no produto, este vai se tornar numa plataforma de soluções interligadas e um sistema integrado de conceitos inovadores de transporte. O objetivo é gerar valor acrescentado aos consumidores e desenvolver novas soluções de transporte.

Com esta nova filosofia, a Mercedes vai desenvolver colaborações com mais “startups”, e esse parece ser o futuro da marca alemã no assunto “veículos comerciais”.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español