Morto homem que roubou prontuário médico de Schumacher

Compartilhe!

michael-schumacher

O suspeito de ter roubado parte do prontuário médico de Michael Schumacher foi encontrado morto na prisão onde estava detido, em Zurique, Suíça. A informação é do Ministério Público daquele país. O homem, que havia sido preso na última terça-feira, acusado de violação de privacidade de um paciente e violação do sigilo médico, enforcou-se na sua cela.

O suspeito trabalhava para a empresa suíça que se encarregou do transporte de Schumacher do hospital de Grenoble, na França, para uma clínica em Lausanne, na Suíça, em junho último. A empresa admitiu que recebeu o boletim médico para que pudesse organizar o transporte do ex-piloto, mas garante ter preservado o sigilo das informações e que desconhece que esses dados tenham sido oferecidos aos meios de comunicação.

Bom lembrar que o homem, que utilizava o apelido de “Kagemusha”, contatou vários jornalistas franceses, suíços e alemães para tentar vender o documento por cerca de US$ 70 mil. Para provar que estava em posse do relatório, fornecia uma parte do mesmo como “amostra”…


Compartilhe!
简体中文 简体中文 English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano 日本語 日本語 Português Português Español Español