Tecnologia

O preço das baterias dos veículos elétricos subiu. Pela primeira vez

Compartilhe!

Pela primeira vez na história, o preço das baterias dos veículos elétricos subiu, depois de mais de uma década de queda. Será a lei da oferta e da procura? Nada disso. É pura falta de matéria-prima. O preço das baterias de ions de lítio apresentou queda de forma consistente na última década, mas em 2022, pela primeira vez na história, subiu.

por Marcos Cesar Silva

De acordo com os dados da BloombergNEF, o preço do kWh nas baterias desceu dos US$ 1300 em 2010, para US$ 141 em 2021. Mas este ano, a tendência de descida parou e, pela primeira, foi registrada uma inversão na trajetória do preço das baterias, e o custo do kWh subiu 7%, para perto US$ 151.

E como se explica este aumento? São muitos os fatores que levaram a esta subida do preço do kWh e, por consequência, o preço das baterias. Falamos em especial da subida do custo de matérias-primas como o lítio, o níquel e o cobalto, que são os principais ingredientes que compõem as baterias.

E se nos últimos meses o preço do cobalto e do níquel estabilizou em valores mais baixos, o preço do lítio continua elevado, ainda que as previsões apontem para venha a descer em breve. Apesar desta inversão na trajetória do preço das baterias, a Bloomberg nota que o preço do kWh só não é mais elevado por causa das baterias de fosfato de ferro e lítio (LFP), mais baratas, que não contêm níquel ou cobalto.

As baterias LFP têm vindo a ganhar tração no mercado nos últimos anos e, segundo os dados da BloombergNEF, vão representar cerca de 40% das vendas globais de veículos elétricos este ano. Para 2023, o preço das baterias vai continuar subindo, antes de voltar a apresentar tendência de queda em 2024, quando a oferta de metais raros voltar a crescer e a pressão da cadeia de fornecimento diminuir.

Pelo menos é essa a previsão da BloombergNEF, que aponta 2026 como o ano em que o preço do kWh vai ficar, pela primeira vez na história, abaixo da barreira dos US$ 100 dólares, o que, em teoria, permite que o custo dos veículos elétricos seja equiparado ao dos veículos com motor de combustão interna.


Compartilhe!
1716571790