Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Para-brisas nos carros de Fórmula 1?

Compartilhe!

Depois de tentar o aro em carbono, o polêmico Halo, foi a vez da Red Bull divulgar a sua interpretação do que deve ser a proteção do cockpit a ser aplicada nos Fórmula 1 a partir de 2017.

f1_halo_red_1-807x346 f1_halo_red_3-807x346 f1_halo_red_2-807x346

O desenho mostra mais uma proposta que entra em discussão no sentido de aumentar a proteção da cabeça dos pilotos, agravada ainda mais com a morte de Jules Bianchi e o acidente de Fernando Alonso.

A proposta, já comparada com o “Batmóvel”, distingue-e por ter duas colunas (e não uma) e uma proteção adicional que a torna efetivamente numa cobertura.

Daniel Ricciardo já experimentou e admitiu estar impressionado com a visibilidade oferecida. A Red Bull quer agora fazer um teste para valer em pista, afirma Christian Horner:

“É como se fosse um grande pára-brisas. É mais elegante e, espero, oferece melhor visibilidade. Queremos testá-lo num circuito e vamos ver o que a FIA pensa dele”, afirmou.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *