Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Rali Dakar: desidratação matou o piloto Michal Hernik

Compartilhe!

O piloto polonês Michal Hernik, de 39 anos, encontrado sem vida durante a terceira etapa do rali Dakar 2015, faleceu devido a desidratação.

A causa da morte foi revelada pela organização do Dakar, depois da autópsia efetuada no corpo do piloto, que fazia a sua estréia na competição. O corpo de Henrik foi encontrado no km 206, a 300 metros da pista, na ligação entre San Juan e Chilecito, na Cuesta del Miranda, Argentina, a apenas 14 km do final da etapa.

294x276

Segundo a imprensa argentina, quando a organização do Dakar perdeu o contato com o piloto, a temperatura era de 47 graus centígrados.

Henrik, nascido em Cracóvia a 30 de janeiro de 1975, preparou-se para o Dakar no Abu Dabi Desert Challenge do ano passado e no rali de Marrocos de 2013.

Esta é já a quinta morte desde a mudança do Dakar para a América do Sul, depois de Thierry Pascal (2009), Jorge Martínez Boero
(2012), Thomas Bourgin (2013) e Eric Palante (2014).


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español