Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

RENAULT-NISSAN REVELA NOVA PLATAFORMA

Compartilhe!

A Aliança Renault Nissan revelou uma nova plataforma modular, a CMF (Common Module Family) e que será a base para 14 novos modelos, passando a ser mais usada a partir de 2020. A nova plataforma será usada em 11 novos modelos da Renault, incluindo os substitutos do Espace, Scénic e Laguna. Do lado da Nissan, será a base para as novas versões do Qashqai e X-Trail, alm do Rogue do mercado norte-americano.

re

A CMF é uma plataforma com foco no conceito de módulos compatíveis, e não uma plataforma dividida com vários carros, como acontece com a MQB da Volkswagen. Os diversos módulos são o compartimento motor, habitáculo, seções inferiores dianteiras e traseiras, que se juntam para formar o veículo.

Os modelos construídos com a plataforma CMF podem usar diferentes carrocerias, permitindo assim diferenciamento entre modelos e versões. Os primeiros modelos com a CMF estarão à venda já no final deste ano.

Segundo a Aliança Renault-Nissan, o compartilhamento de peças e módulos vai gerar economia a longo prazo,  que pode chegar até 30% só nas peças. A utilização do CMF pode permitir ainda, segundo a Aliança, reduzir os custos em até 40%.

Com estes ganhos, espera-se que a CMF esteja presente em mais de 1,6 milhões de veículos/ano em todos os segmentos, sendo que depois de 2020 a utilização será expandida a todos os modelos produzidos pela Aliança.

Sendo um sistema modular, o CMF vai ser vendido em todo o mundo e proporcionará ainda maiores esconomias de escala do que aquelas alcançadas com a plataforma do Clio e do Micra, por exemplo.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español