CarrosSlide

Renault Scenic reencarna como SUV 100% elétrico

Compartilhe!

Aqui tem o novo Renault Scenic E-Tech: um novo veículo conceito com um nome bem conhecido...

Todo mundo lembra da minivan Renault Mégane Scénic, que foi lançada no Brasil há 25 anos e desapareceu em 2010. Pois ela chegou na Europa à sua quinta geração, reencarnando como SUV elétrico. Enquanto as quatro gerações anteriores do Scénic eram classificadas como minivans, com carroceria monovolume, em que o capô e o para-brisa se misturavam perfeitamente, o novo Scenic (sem o acento agudo no “e”) E-Tech 100% elétrico representa um verdadeiro avanço em termos de compromisso.

por Ricardo Caruso

Com o seu piso plano, grandes rodas de 19 ou 20 polegadas, maior distância entre-eixos e o seu teto panorâmico “Solarbay”, ainda é um veículo familiar que, segundo a própria marca francesa, responde a todas as necessidades e expectativas.

Com 4,47 metros de comprimento, 1,86 m de largura e 1,57 m de altura, suas proporções são bastante equilibradas, oferecendo bom espaço interno e conforto para os ocupantes. O motorista se beneficia do banco que combina posição elevada, conforto e sensação de segurança. Por sua vez, os passageiros traseiros se beneficiam de espaço de joelho e cabeça como convém a um modelo familiar.

Na dianteira, as entradas de ar sob as luzes diurnas melhoram a penetração aerodinâmica do veículo. O perfil da carroceria é composto por vincos que combinam bem linhas retas e curvas. Na traseira, a forma do Scenic foi projetada também para melhorar o fluxo do ar.

O desenho das rodas de 20 polegadas também é específico do modelo e melhora a eficiência do veículo. Estas rodas de alumínio forjado modelo “Oracle” apresentam apliques que reduzem a superfície de entrada de ar e proporcionam ganhos aerodinâmicos adicionais.

Com a sua longa distância entre-eixos de 2,78 m (mais 10 cm em comparação com o Mégane E-Tech 100% elétrico), os seus balanços dianteiro e traseiro curtos e as rodas posicionadas nas extremidades da carroceria -graças às características oferecidas pela plataforma modular CMF-EV-, o Scénic E-Tech 100% elétrico expressa robustez e mostra uma personalidade marcante.

Protetores de soleira das portas, frisos das bordas das caixas de rodas, saias laterais e spoiler dianteiro reforçam o caráter SUV do veículo. O rack do teto completa o desenho, o cuidado aerodinâmico e o visual robusto. Disponível em vários níveis de acabamento, o SUV é perfeitamente adequado para uso familiar e incursões leves no fora de estrada.

A frente do novo Scenic E-Tech 100% elétrico é particularmente bem desenhada, e incorpora o logotipo “Nouvel’R” e a nova assinatura luminosa dos modelos Renault, reforçando assim a sua imagem de marca. O logo é posicionado verticalmente na grade frontal, no centro de uma “grade” com motivo de pequenos diamantes, que aparecem e desaparecem como imagens sobrepostas, dependendo da exposição à luz e do ângulo de visão.

Na traseira, vários detalhes acentuam as linhas do veículo e seu espírito atual e tecnológico. Como as luzes diurnas na frente, as lanternas traseiras foram aplicadas nas extremidades, como duas setas localizadas em cada lado da carroceria. O nome Scénic -grande e sem o acento- sob o logotipo Renault completa este visual bem original e reforça seu caráter tecnológico graças a uma tipologia moderna, que faz parte do estilo do logotipo, com seus ângulos mais pronunciados.

O novo modelo estará disponível em seis cores de carroceria: Desire Red, Midnight Blue, Slate Grey, Gloss Black, Satin Slate Grey (exclusivo para o nível de acabamento Alpine esprit) e branco perolizado.

O novo Scenic E-Tech 100% elétrico tem um armazenamento interno para pequenos volumes de 38,7 litros. Por exemplo, além do porta-luvas (4 litros) e dos compartimentos das portas (13,6 litros), o console apresenta grande espaço de armazenamento (6,6 litros) com dois porta-copos (2 litros) e um espaço de armazenamento de 3,4 litros sob o apoio de braço, que pode ser usado para guardar chaves ou outros itens pessoais. Este apoio de braço central desliza 70 mm para a frente, melhorando o conforto do motorista e do passageiro dianteiro. Amplo espaço também está disponível sob a tela central, incluindo uma área dedicada ao carregamento sem fio de smartphones. Na parte de trás dos bancos, bolsas de 2,4 litros foram projetadas para armazenar revistas ou dispositivos eletrônicos dos passageiros.

Os passageiros traseiros beneficiam do engenhoso apoio de braços, que otimiza a experiência a bordo. Com seus dois braços destacáveis orientados para cada passageiro, ele tem espaço para armazenar laptops e tablets e suportes dobráveis para visualizar essas telas com conforto. Este apoio de braço também possui dois espaços de armazenamento de bebidas e duas tomadas USB C. No total, oferece 3,6 litros de espaço de armazenamento. Uma “escotilha” permite que objetos longos sejam colocados no habitáculo sem ter que rebater os bancos traseiros ou remover a tampa do porta-malas.

Com sua longa distância entre-eixos (2,78 m), ele tem espaço de joelho na segunda fileira de 278 mm para maior conforto para os passageiros traseiros. Esses passageiros se beneficiam de uma generosa altura do teto -de 884 mm-, que é mantida mesmo nas versões equipadas com o teto solar (opaco) Solarbay. E para aproveitar ao máximo as viagens, o novo Scenic E-Tech 100% elétrico apresenta volume de porta-malas de 545 litros. Com os bancos rebatidos, o volume do porta-malas salta para 1.670 litros.

O novo Scénic E-Tech 100% elétrico incorpora quatro níveis de frenagem regenerativa. Ativa no modo de condução (D), a frenagem regenerativa começa a entrar em ação quando o pedal do acelerador é liberado, transformando a energia cinética do movimento do veículo em energia elétrica armazenada na bateria.

Duas configurações de motor estão disponíveis. O primeiro usa um motor de 170 cv de potência com 28 mkgf de torque, alimentado por uma bateria de 60 kWh, para oferecer autonomia de 420 km ou mais (WLTP ainda a ser conformado). O segundo apresenta um motor de 220 cv com 30 mkgf, juntamente com um pacote maior de bateria de 87 kWh que visa atingir mais de 620 km de autonomia (também a ser conformado na norma WLTP). O novo modelo elétrico incorpora um motor com oito polos magnéticos, sendo muito leve e compacto.

O desenho da bateria foi otimizado até o menor detalhe, com os módulos dispostos em dois níveis para se encaixarem perfeitamente na plataforma CMF-EV. A bateria de 87 kWh é composta por 12 módulos de 16 células cada, enquanto a versão de 60 kWh é composta por 12 módulos de 24 células.

Os módulos das baterias podem ser facilmente trocados e reparados individualmente.

Graças à tecnologia NMC (níquel, manganês, cobalto) da LG, a bateria do novo Scenic tem 6% mais densidade de energia do que a do elétrico Mégane E-Tech. Uma bomba de calor padrão ajuda a recuperar calor e energia que, de outra forma, seriam desperdiçados.

O pré-condicionamento de temperatura da bateria ocorre automaticamente quando o carro se aproxima de uma parada de carregamento programada, garantindo que esteja na temperatura ideal na chegada e ajudando a reduzir os tempos de carga. Como resultado, os motoristas podem desfrutar de 2 horas de autonomia na autoestrada (equivalente a aproximadamente 50 kWh com uma carga de 150 kW) com apenas 30 minutos de recarregamento.

Quatro níveis de frenagem regenerativa, selecionados por dois controles montados atrás do volante, estão disponíveis para recuperar a energia cinética e devolvê-la à bateria.

Todas as versões do veículo são compatíveis com carregamento rápido em corrente contínua, comum em rodovias européias, bem como com recarga em corrente alternada em carregadores monofásicos domésticos. A compatibilidade com carregamento trifásico em corrente alternada de até 22 kW, comum em pontos públicos das cidades, será de série ou opcional, dependendo da versão.


Compartilhe!
1713094641