Ultima Hora

Veículos com placas russas têm que sair da Finlândia hoje

Compartilhe!

A Finlândia avisou que o prazo de seis meses que tinha dado para que os veículos com placas da Rússia deixassem a União Europeia (UE) termina hoje, dia 15 de março.

da Redação

Todos os proprietários de automóveis com placas russas na Finlândia -com algumas exceções- terão que retirar os veículos do país nórdico até hoje. Apenas os estudantes de tempo integral e as pessoas que trabalham na Finlândia com contrato de trabalho temporário e que residem fora da UE poderão continuar a utilizar legalmente os veículos durante algum tempo.

“A partir de amanhã, dia 16 de março, os motoristas de veículos com matrículas russas terão de manter no veículo os documentos comprovativos do direito de utilizar o automóvel na Finlândia”, declarou Dami Rakshit, diretor do controle aduaneiro finlândes. Os documentos terão de ser apresentados “às autoridades sempre que estas os solicitem”, acrescentou.

Quem não tiver os documentos necessários corre o risco de ter o automóvel apreendido pelas autoridades, de serem cobradas as taxas aduaneiras e IVA, ou mesmo de ter o veículo retirado do território da UE. Em 15 de setembro último, o Ministério dos Negócios Estrangeiros finlandês proibiu a entrada no país de veículos de passageiros, motor homes e veículos para o transporte de até 10 pessoas com placas russas.

A proibição foi decretada na sequência de instruções da Comissão Europeia sobre as sanções contra Moscou devido à invasão russa da Ucrânia. Naquela época, seis meses atrás, cerca de 5.000 veículos atravessavam semanalmente a fronteira comum, apesar das restrições impostas pela Finlândia proibindo a entrada de turistas russos.

A fronteira da Finlândia com a Rússia, com 1.340 kms, é mais longa da UE. Além disso, a UE proibiu a importação de automóveis da Rússia para a Europa em 2022, em resposta à invasão da Ucrânia pela Rússia, ordenada pelo Presidente russo Vladimir Putin em 24 de fevereiro daquele ano. A medida foi posteriormente ampliada para proibir até mesmo a entrada de automóveis com placa russa na UE.

Esta proibição foi incluída no 12o. “pacote” de sanções europeias contra Moscou, que entrou em vigor em 19 de dezembro de 2023.


Compartilhe!
1721268415