CarrosSlide

Volkswagen apresenta o agora global novo Tiguan

Compartilhe!

A Volkswagen acabou de apresentar o Tiguan redesenhado para mercados fora dos Estados Unidos, o que inclui a Europa. Ele tem distância entre-eixos menor do que o Tiguan vendido atualmente e não está planejado para venda no mercado americano. Em vez disso, a VW explicou que no próximo ano apresentará um SUV compacto, como sendo o Tiguan redesenhado para os Estados Unidos, provavelmente uma versão modificada redesenhada do VW Tayron chinês. Rumores também sugerem que modelos sedã e cupê baseados no chinês serão oferecidos desta vez.

por Marcos Cesar Silva

A VW confirmou ainda que o novo Tiguan destinado aos Estados Unidos usará a mesma plataforma MQB atualizada do Tiguan global apresentado agora, o que indica que parte da tecnologia do Tiguan global também pode aparecer no modelo com destino ao mercado americano.

O novo Tiguan global representa a terceira geração desse nome e é mais longo em cerca de 3 centímetros em comparação com o modelo atual, elevando o comprimento total para 4,54 cm. A maior parte do comprimento extra beneficia a área de bagagem, que cresceu 34 litros, para um total de 648 l, medido na altura dos encostos do banco traseiro.

Seu desenho exterior é mais “musculoso” do que antes, especialmente pelas linhas arredondadas e quando equipado com o “pacote” R-Line disponível. Uma faixa de luz na traseira também dá destaque à largura do veículo. Os tamanhos de roda disponíveis medem até 20 polegadas de diâmetro.

A VW também carregou o novo Tiguan global com recursos de tecnologia premium. Estes incluem, de série ou opcional, faróis por LEDs de alta definição, tela de multimídia de 15 polegadas, seletor de modo de condução rotativo com sua própria mini-tela, sistema de cancelamento de ruído e estacionamento automático (com capacidade remota). Os botões convencionais também retornam, substituindo os controles touch do modelo atual, e bancos dianteiros aquecidos, refrigerados e com massageadores estão disponíveis.

Outra característica importante é a suspensão adaptativa com amortecedores de válvula duplam controlados pelo mesmo sistema de gerenciamento de dinâmica do veículo presente no Golf GTI. Além de controlar os amortecedores, o sistema também controla os bloqueios eletrônicos do diferencial e os freios do veículo, para melhorar a dirigibilidade no limite.

Global Volkswagen Tiguan

As ofertas de motorização incluem diesel, híbridos e híbridos plug-in. A opção de topo de linha é um híbrido plug-in de 268 cv e uma pequena autonomia elétrica possibilitada graças à bateria de 19,7 kwh.

Por dentro, a Volkswagen mostrou novas soluções para o painel de instrumentos digital e a central multimídia atualizada, usando o mesmo estilo aplicado na linha dos carros elétricos ID. Os motoristas poderão escolher entre quatro modos de visualização: Clássico, Avançado, Navegação e R-Line.

O Tiguan global começará a ser vendido no início de 2024. O Tiguan com destino aos EUA também deve iniciar as vendas em 2024, o que significa que provavelmente chegará no final do próximo ano, como modelo de 2025. A VW também está trabalhando no desenvolvimento de um SUV compacto elétrico, que está sendo chamado de ID.Tiguan.

Este novo Volkswagen Tiguan 2025 começará a ser vendido na Europa em fevereiro, com preços um pouco abaixo de US$ 40 mil. Quanto ao Brasil, a VW já confirmou que a versão alongada feita no México para o mercado americano, que será apresentada aqui no ano que vem.


Compartilhe!
1716095325