Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Toyota deixa o mercado australiano

Compartilhe!

Primeiro foi a Ford, agora a Toyota e, em alguns dias, a GM. E assim acaba a industria automotiva na Australia. A Toyota encerrou na terca-feira, dia 22/09, a produção de veículos na Austrália, com o fim das atividades da fábrica em Melbourne, Estado de Victoria, no sul daquele país.

“É um dia muito triste para Victoria, pois marca o fim de uma fábrica de automóveis. Uma indústria que estava operando em nosso pais há mais de 90 anos”, afirmou o inconsolavel Dave Smith, representante do sindicato local.

A empresa japonesa, que iniciou a montagem de automóveis em 1963, anunciou em 2014 a decisão de pôr fim à produção de veículos e motores na Austrália, devido às dificuldades do mercado local e valorização da moeda australiana.

A Ford -a primeira empresa a produzir naquele continente em 1925- e a General Motors tinham anunciado o encerramento das respetivas produções no ano anterior: a Ford fechou no ano passado e a GM fará o mesmo no final deste mês.

O sindicato do setor automotivo estimou que cerca de 2.600 trabalhadores poderão não conseguir encontrar emprego, apesar do programa de capacitação implementado pela empresa. Dave Smith afirmou que apenas metade dos trabalhadores da Ford que ficaram desempregados quando a fábrica encerrou as atividades no ano passado conseguiram encontrar emprego de tempo integral.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *