Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

A primeira wagon Porsche já tem 30 anos…

Compartilhe!

 
 

O Porsche Panamera Sport Turismo é um bom exemplo de como uma boa ideia pode ser concretizada. Mesmo que 30 anos depois. Na verdade, a primeira sugestão para uma versão “shooting brake” na marca alemã nasceu a partir do 928, precisamente há 30 anos.

As palavras já não bastam para descrever o quão genial foi Ferry Porsche. Já nos anos 1980, ele dizia que, se a Porsche “construísse um jipe de acordo com os padrões da marca e colocasse nele um emblema da Porsche, as pessoas comprariam”. As ideias relativas aos atuais Cayenne e ao Macan (que asseguram hoje quase 60% das vendas da Porsche) estavam já muito claras na sua cabeça.

Como, provavelmente, também estariam claras as idéias em relação ao papel relevante que a wagon Panamera Sport Turismo teria num futuro não muito distante. Com lançamento em julho deste ano, o modelo “shooting brake” do Panamera não é a primeira proposta de uma perua na marca alemã.

Precisamente em 1987, entre outros protótipos que nunca passaram para a fase de produção, Ferry Porsche mostrou, com orgulho, o 928-4 que tinha como ponto de partida aquele que era o esportivo da marca mais importante na época, com plataforma alongada em 25 centímetros, o que permitia oferecer dois confortáveis lugares na traseira.

Ainda que mantivesse a carroceria de duas portas, estas eram de maiores dimensões o que, aliado à colocação mais recuada das colunas centrais, permitia acesso facilitado aos lugares traseiros. Foi grande, na altura, o entusiasmo ao redor do 928-4, mas os tempos economicamente conturbados que se seguiram não deixaram espaço para a que esta boa ideia se materializasse.

Mas, como sempre se diz, uma boa ideia não morre. Prova disso é a versão Sport Turismo do Panamera, que toma como ponto de partida o Panamera, preservando as características dinâmicas e a imagem esportiva, mas acrescenta-lhe versatilidade. Com quase 5,1 metros de comprimento e muito perto dos dois metros de largura esta versão Sport Turismo oferece mais espaço para os ocupantes dos lugares traseiros que agora podem ser cinco. Além do aumento da capacidade de bagagem para 520 litros (mais 20 litros) esta é a principal novidade em termos funcionais. Ainda assim, quem quiser pode encomendar o Sport Turismo apenas com dois bancos esportivos independentes, também na traseira.

Apenas com tração integral, o Sport Turismo conta com as motorizações já conhecidas do Panamera, com potências entre os 330 e os 550 cv, neste caso para a versão Turbo. Da oferta na Europa, fazem parte também a motorização diesel (422 cv) e o E-Hybrid, com 462 cv, cujo preço por lá se situa nos US$ 150 mil.

 

De referir, ainda, que o Sport Turismo conta com todos os dispositivos já conhecidos do Panamera, seja em termos mecânicos, com destaque para a suspensão pneumática, caixa de velocidades PDK e contro de tração “inteligente”, seja no que que diz respeito aos sistemas de info-entretenimento.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español