Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Câmeras: Honda começa a abandonar os espelhos retrovisores

Compartilhe!

A Honda confirmou que o “Sistema de Câmera Lateral nos Espelhos”, presente no conceito do Urban EV, será equipamento de série na versão de produção.

A tecnologia, pela primeira vez utilizada no segmento dos compactos, traz benefícios significativos para o desenho, segurança, aerodinâmica e, por que não, refinamento.

O Sistema de Câmera Lateral nos Espelhos substitui os espelhos retrovisores convencionais por câmeras compactas, que fornecem imagens ao vivo para duas telas de seis polegadas dentro do veículo. Estas relas são integradas às duas extremidades do painel, posicionados ergonomicamente para garantir a sensação natural de visão ao motorista.

A tecnologia de câmeras de próxima geração ajuda o automóvel a manter um desenho moderno, limpo e minimalista, compondo com as colunas A e as maçanetas de porta “pop out” que também estão confirmados para a versão de produção do Honda E. Ao contrário dos espelhos laterais convencionais, as câmeras estão inseridas na largura do automóvel e não se estendem além das bordas dos para-lamas.

 

Como resultado, não apenas a visibilidade é melhorada, mas também as câmeras compactas reduzem o atrito aerodinâmico em cerca de 90% em comparação com os espelhos retrovisores convencionais -melhoria de aproximadamente 3,8% para todo o veículo- que traz benefícios em nível da eficiência e autonomia do veículo. Além disso, há redução significativa do ruído do vento que, normalmente, é gerado pelos espelhos laterais em velocidades mais altas.

As carcaças das câmeras são moldadas para evitar gotas de água na lente, com um revestimento repelente de umidade nas superfícies da lente para impedir qualquer acumulo residual de água.

O posicionamento ideal do Sistema oferece uma série de vantagens de segurança. O motorista pode escolher entre “visão normal” e “visão ampla” por meio das configurações do veículo, ampliando o campo de visão para além dos espelhos laterais convencionais e reduzindo o “ângulo morto” em cerca de 10% na visão normal e aproximadamente 50% na visão ampla. Uma vantagem adicional deste sistema é a utilização em marcha ré, em que as orientações são exibidas nas telas de visão lateral com um ângulo de visibilidade maior.

Os níveis de brilho nos displays internos são ajustados automaticamente com base nas condições de luz predominantes. Foram realizados testes e desenvolvimento extensivo para garantir que o Sistema ofereça visibilidade superior em condições de mau tempo, baixa luminosidade e condução noturna sem risco de ofuscar a visão do motorista. Estas características permitem, em todas as condições, maior visibilidade e percepção dos objetos ao redor do veículo do que os espelhos retrovisores convencionais.

O novo compacto elétrico da Honda é um passo ousado para a marca em termos de desenho e tecnologia e faz parte da estratégia da marca de incluir tecnologia eletrificada em toda a sua linha na Europa até 2025. O Honda E terá autonomia superior a 200 km, com a funcionalidade de carregamento rápido que carrega 80% de bateria em apenas 30 minutos.

O interior espaçoso e moderno cria sensação de conforto por meio de uma interface intuitiva e personalizável de tela touchscreen, para manter os passageiros conectados ao seu estilo de vida. Este novo compacto elétrico garante a dinâmica de condução que carateriza os Honda, potenciada pela tração traseira e motorização elétrica avançada, tornando a experiência de direção mais divertida.

A versão de produção do Honda E será apresentada ainda este ano.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *