Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Cinco carros que prometeram mas não cumpriram

Compartilhe!

Este é o verdadeiro castigo para as montadoras: prometem, prometem e, quando o carro chega às ruas, é pura decepção. Num mercado pouco exigente como o brasileiro, isso raramente acontece, pois aqui o consumidor invariavelmente se contenta com pouco. Mas em mercados evoluídos e exigentes, estas promessas não cumpridas acabam sendo uma espécie de sentença de morte para muitos carros.

Mostramos cinco exemplos claros disso, onde linhas vistosas não foram suficientes para esconder deficiências logo reconhecidas pelos compradores.

1. Fisker Karma 

a1

Um belo carro desenhado por Henrik Fisker -autor de modelos de sucesso como o Aston Martin DB9 e V8 Vantage ou BMW Z8- mas que não estava devidamente testado e pronto para ser vendido quando chegou às lojas. Este é o perfeito exemplo de um carro que podia ter sido bem melhor.

2. Hummer H2 

a2

Os fãs do Hummer original, o militar H1, ficaram magoados quando a General Motor usou a plataforma de um de seus SUVs mais vendidos dos Estados Unidos para construir o mais civilizado Hummer H2. Por maior e mais robusto que pareça, não chegava nem perto das virtudes e diferenciais oferecidos pelo H1.

3. Honda CR-Z 

a3

A marca japonesa tem comportamentos estranhos vez por outra. Num Salão de Chicago em que participamos, anunciou que “o Honda Civc é o novo Bel Air 1957”, o que causou a retirada de muitos jornalistas que acompanhavam a entrevista coletiva no estande da marca. E com razão. Depois garantiu que o Honda CR-Z seria o sucessor “espiritual” do antológico hatch esportivo Honda CR-X. Não era tão divertido de dirigir e nem tão rápido, o que se refletiu nas baixas vendas.

4. Hyundai Genesis Coupé 

a4

“Parece, mas não é” só funciona no Brasil. Este Hyundai Geneses é um atraente cupê com motor turbo herdado do EVO ou um V6 aspirado, mais diferencial autoblocante de tipo Torsen. Este carro prometia dese,penho ao nível dos cupês esportivos de luxo vendidos na Europa (leia-se Mercedes, Audi e BMW), mas os sistemas de direção e suspensão não foram avisadas disso.

5. Volvo C30 

a5

Aqui temos o último integrante da lista dos cinco carros que prometeram mas não cumpriram, o pretensamente revolucionário Volvo C30. Porém, é fácil entender por qual razão seu comportamento e desempenho estavam abaixo do que o visual sugeria: era montado na plataforma do Ford Focus…

 

 


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *