Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Clássico: Ferrari GTO é o carro mais caro da história

Compartilhe!

A Ferrari 250 GTO com o chassi nº 3851GT tornou-se o carro de produção mais caro de todos os tempos, após ter atingido em leilão a módica quantia de US$ 38.179.200, algo como R$ 86,1 milhões.

Com isso, em Pebble Beach (Califórnia, Estados Unidos),  os livros de história dos leilões de automóveis foram reescritos. Tudo por causa dessa Ferrari 250 GTO e de sua venda recorde, num leilão efetuado pela Bonhams.

bonhams-ferrari-250-gto-27

Este exemplar –foram produzidas apenas 39 unidades da Ferrari 250 GTO entre 1962 e 1964– pulverizou o recorde recorde da Bonhams, estabelecido em 2013, que era de US$ 29,6 milhões, valor pago por uma Mercedes-Benz W196R de 1954.

A 250 GTO foi fabricada pela Ferrari entre 1962-1964 especificamente para as provas do “FIA Grand Touring”. A parte numérica do nome indica o deslocamento em centímetros cúbicos de cada cilindro do motor, enquanto que o GTO significa “Gran Turismo Omologata”.

Equipada com motor 3.0V12, tinha 300 cv de potência máxima.  Em 2004, o Sports Car International colocou a GTO em oitavo na lista dos “Top Sports Cars” dos anos 1960, e a brindou como o melhor carro esportivo de todos os tempos. Da mesma forma, a revista “Motor Trend Classic” colocou a 250 GTO em primeiro lugar na lista dos “Greatest Ferrari of All-Time”.

bonhams-ferrari-250-gto-28


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español