Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Confirmado: GM vende Opel/Vauxhall para o Grupo PSA

Compartilhe!

Aos poucos a história centenária da General Motors vai para o ralo, seja por questões econômicas, seja por má administração. E vice-versa. A PSA vai pagar US$ 2,3 bilhões pela Opel, segundo a Bloomberg. Este valor será pago em dinheiro e o restante em ações, o que significa que a General Motor ficará acionista da PSA. A GM fica ainda com o direito de reforçar a sua posição na PSA, por conta de um acordo de garantias assinado como parte dessa venda.

logo-psa-gm-1

O negócio inclui a compra da Opel e de sua marca gêmea Vauxhall, do Reino Unido, e ainda o setor financeiro da GM na Europa, que opera com a marca de Opel/Vauxhall Bank. Na financeira, a PSA repartirá o capital, em 50%, com o BNP Paribas. A compra das operações financeiras da GM Europe foi avaliada em US$ 900 milhões.

A General Motors e a PSA agendaram conferências de imprensa conjuntas, em Paris, para dar mais detalhes sobre o negócio. A GM convocou uma segunda conferência para Detroit, sua base de operações.

A GM manterá a maioria das responsabilidades do fundo de pensões dos trabalhadores da Opel, na Alemanha, e da Vauxhall, no Reino Unido, estimadas em cerca de US$ 9 bilhões. A PSA poderá continuar vendendo os modelos da Opel e Vauxhall desenvolvidos com patentes da General Motors, incluindo o novo elétrico e-Ampera, mas terá de pagar direitos pela utilização dessas tecnologias. Durante um período, as vendas de alguns modelos Opel fora da Europa estarão suspensas.

A Bloomberg  explica que este era um dos pontos complicados das negociações, com a GM querendo evitar a concorrência direta da Opel com a Chevrolet, em alguns mercados importantes fora da Europa, como a China, a América do Norte e a América Latina. Em alguns destes mercados, há modelos desenvolvidos na Alemanha pela Opel, como o utilitário Corsa e o compacto Astra, que são vendidos com a marca Chevrolet. O Opel/Vauxhall Insignia é vendido na América do Norte como Buick, outra marca da GM, e o Opel e-Ampera como Chevrolet Bol

Com a Opel/Vauxhall, a PSA tornar-se o segundo maior grupo automotivo da Europa, atrás apenas da Volkswagen, com volume de negócios anual agregado de US$ 71 bilhõese vendas de 4,3 milhões de veículos, no ano passado, das marcas Peugeot, Citroen, DS, Opel e Vauxhall. Desse total, 1,2 milhões são referentes às duas marcas agora adquiridas da GM.

“Essa compra nos oferece a oportunidade de criarmos um campeão europeu do setor automotivo”, disse o chefão da PSA, Carlos Tavares, durante a apresentação dos resultados anuais do Grupo, na semana passada, adiantando que a operação permitirá economia de cerca de US$ 1,7 bilhões resultante de sinergias com compras junto a fornecedores e de custos de produção e de operação, já em 2016, segundo um comunicado conjunto da GM e da PSA

Segundo a agência Reuters, Carlos Tavares teria informado a administração e os acionistas da PSA que o grupo vai reestruturar toda a linha de modelos da Opel, usando suas próprias tecnologias, para conseguir rapidamente redução de custos industriais. Nos segmentos de maior volume, os modelos de todas as marcas compartilharão plataformas, motores e linhas de produção, para reduzir custos.

O objetivo anunciado para a Opel é garantir resultado operacional de 2% sobre as vendas, até 2020, e de 6% até 2026.

Antes da compra, GM Europa e PSA já tinham um acordo para a produção conjunta de alguns modelos. Os novos SUV Crossland X e Grandland X que a Opel e Vauxhall estão lançando na Europa, são modelos derivados dos Peugeot 3008 e 5008, respetivamente.

Na área dos veículos comerciais, a Opel/Vauxhall tem colaboração com a Renault-Nissan para a produção de furgões, enquanto a PSA tem um acordo do mesmo tipo com a Fiat e Iveco, sendo claro que haverá uma revisão nesses trabalhos.

Os carros da Opel nunca foram vendidos no Brasil em grande escala. Mas foram os melhores carros que a GM vendeu por aqui: Opala, Chevette, Monza, Kadett, Astra, Omega, Meriva, Zafira, Corsa e outros fizeram a história da Chevrolet em nosso País.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español