Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Depois de Apple e Google, a Sony pensa em fabricar automóveis

Compartilhe!

Apple? Google? Sony? Não, não estamos falando da indústria eletrônica. Estamos falando de automóveis. A Sony quer fazer investimentos pesados na indústria automotiva, ou seja, quer lançar seu próprio carro. A gigante japonesa acredita que este mercado poderá ajudar a aumentar ainda mais seus lucros.

imagesUV6PDEGJ

Depois que a Apple e a Google anunciaram interesse em entrar na indústria automotiva por meio de modelos de condução autônoma, agora é a vez do gigante japonês -também da área da tecnologia- manifestar a mesma intenção. O executivo da Sony,Kazuo Hirai, disse que o “crescimento do segmento dos automóveis tem potencial enorme. E queremos assumir um papel importante”.

Ao contrário das norte-americanas Apple e Google, a marca japonesa não deverá estar interessada só em fabricar carros. Deverá primeiro usar sua experiência em tecnologia para criar equipamentos específicos para automóveis, como sensores e outros periféricos -sempre inovadores, para se diferenciar-se dos concorrentes atuais no mercado. A Ford já conta em alguns dos seus modelos com equipamentos de som e multimídia da Sony.

Outro executivo da empresa, Hiroshi Ataka, reforçou a idéia que o setor automotivo “é uma grande tendência. Há muitas empresas ligadas à eletrônica que estão à espera de crescer no setor automotivo”. E a Sony está sempre com foco no aumento dos lucros.

Interessante lembrar que a Samsung coreana já havia se aventurado na fabricação de automóveis, até a Renault comprar essa divisão da empresa há alguns anos. Um dos resultados de seus projetos é o excelente Fluence.

 


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español