Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

E-Type: Jaguar vai produzir os últimos seis carros de 1963

Compartilhe!

a6

Em 1963 a Jaguar iniciou a fabricação de uma série de unidades do E-Type focalizada em economizar peso. O objetivo na leveza de construção era de competir nas provas de categoria GT. A edição “Lightweight” (“peso leve”), como se chamava, tinha 18 unidades programadas, mas apenas 12 foram montadas entre 1963 e 1964. Agora, a Jaguar está recuperando as partes que encontrou dos carros, e vai fabricar as seis unidades restantes, devendo colocá-las à venda por um preço, no mínimo, imoral. Mas justo…

a5

A grande diferença dos Lightweight para os E-Type “convencionais” é o uso de muito alumínio, que ajuda a promover redução de peso de 114 quilos: o material é aplicado nos painéis da carroceria e bloco do motor (3.8 de seis cilindros em linha). tanto carroceria como motor são integralmente produzidos neste material, e os E-Type Lightweight não dispõem dos acabamentos internos dos E-Type de rua. Todos os modelos serão construídos exatamente como eram em 1963, apesar de os clientes atuais terem a possibilidade de escolher alguns acabamentos, como é o caso da cor da pintura e adesivos dos patrocinadores.

a4

“Este é um projeto incrivelmente excitante para a Jaguar”, disse Derek Weale, diretor da Jaguar-Land Rover Heritage Business. “Não podíamos perder a oportunidade de completar a série original dos 18 veículos de pista 50 anos após a criação do último Lightweight”.

a1 a2 a3


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español