CarrosSlide

Ex-segredo: implacável, BYD vai lançar picape híbrida ainda este ano

Compartilhe!

A chinesa BYD não tem piedade de ninguém. No Brasil balançou o mercado de carros com seus preços competitivos e qualidade alta. Agora vai mirar nas picapes. É isso mesmo, a BYD está finalizando os testes de uma picape média-grande com motorização híbrida plugin, que deve chegar ainda este ano ao mercado nacional. É um produto estratégico para a marca, devido ao enorme potencial que as picapes médias tem em diversos mercados mundo afora. Por aqui leia-se Toyota Hilux, Ford Ranger, Chevrolet S10, RAM Rampage e Nissan Frontier, fabricantes e modelos até tradicionais, mas que não se interessaram em fazer esses utilitários elétricos ou híbridos. E assim a BYD vai crescendo a cada dia e a cada lançamento.

por Marcos Cesar Silva

A marca planeja colocar nas ruas a sua primeira picape eletrificada ainda em 2024, em mais um passo da gigante automotiva chinesa para tirar mais um pouco do sono da concorrência das empresas globais do setor, incluindo a Tesla. Em comunicado, a marca chinesa indicou que o modelo, entre médio e grande porte, foi desenvolvida para o mercado internacional. Quem estava deitado em berço esplêndido, vai ter que dançar conforme outra música…

A marca revelou algumas fotos do novo modelo, disfarçado por uma camuflagem laranja e azul, com poucos detalhes visíveis no interior ou exterior do veículo, sendo que o preço de venda obviamente não foi divulgado. Pelas fotos, podemos perceber que a referência para seu desenho foi a Ford F-150. Também já foram feitas algumas fotos de segredo, agora ex-segredo…

Por razões políticas e protecionistas, a BYD não está presente no mercado dos Estados Unidos, região muito simpática para as picapes, mas já atua em outros mercados importantes para esse tipo de veículo, inclusive na Tailândia. A marca chinesa tornou-se o maior fabricante mundial de veículos elétricos em 2023, devido a uma expansão global bastante agressiva, que no Brasil deixou a Anfavea em estado de choque.

O conjunto híbrido da Shark (nome provisório) traz um motor 1.5 turbo de quatro cilindros (ciclo Miller), de 140 cv, e outros dois motores elétricos, um dianteiro e um traseiro, o que significa potência combinada de cerca de 500 cv. Segundo informações, a picape da BYD poderá ter autonomia na faixa dos 1.000 km.


Compartilhe!
1716494038