Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

KIA SPORTAGE: MAIS CARO AINDA

Compartilhe!

A Kia Motors emitiu comunicado tentando justificar o aumento de preço do Sportage Flex em relação ao Sportage a gasolina. Leia a íntegra e tente se convencer -especialmente mais num período em que não há vantagem alguma em abastecer o tanque com etanol.

“Diante das recentes notícias publicadas pela imprensa automotiva, Kia Motors esclarece que não houve mudança de preços na fase de transição do Sportage Gasolina para o Sportage Flex, lançado no último dia 7 de fevereiro, mesmo com a introdução da nova tecnologia de motorização e adição de seis marchas para a versão de transmissão mecânica e de outros features.

A elevação do preço sugerido ao consumidor – de R$ 83,9 mil para R$ 90,9 mil – da versão de entrada, ou seja, de 8,3%, foi devido à alta da alíquota do IPI – Imposto sobre Produtos Industrializados em 30 pontos percentuais e também por conta da variação cambial, cujo dólar em meados de setembro era de R$ 1,55 e hoje está em torno de R$ 1,71.

A Kia Motors esclarece ainda que, caso fosse aplicado o repasse integral da alta do IPI para motores flex de 2.0 litros, cuja alíquota passou de 13% para 43%, o repasse ao preço sugerido seria da ordem de 28%. No entanto, em respeito ao consumidor brasileiro, a importadora negociou com a montadora sul-coreana Kia Motors Corporation, com a Rede Autorizada de Concessionárias e suprimiu drasticamente seus investimentos publicitários, com o objetivo de repassar o menor porcentual de majoração de preços possível.

Sportage: o que já era caro, ficou mais caro ainda.

De qualquer maneira, nos próximos meses, serão inevitáveis novos aumentos. No momento em que os estoques reguladores de todos os veículos importados estiverem equalizados, os repasses de preços da Kia Motors deverão totalizar aproximadamente 25%, nos próximos meses, por conta da alta do IPI”.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *