Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

MERCADO: GM SOBE, VW DESCE

Compartilhe!

March subindo, mas até quando?

A briga no mercado nacional voltou a esquentar. Fechando as contas do mês de janeiro, surge a General Motors como nova líder de vendas de automóveis e veículos comerciais leves, deixando para trás de Fiat (em segundo lugar) e Volkswagen (em terceiro). Outra boa surpresa foi a Nissan, que graças ao March e Versa, voou para a sexta posição no primeiro mês do ano, deixando para trás de uma só vez Toyota (7ª), Hyundai (8ª), Honda (9ª) e Citroën (10ª).

Para o mercado, janeiro foi um mês positivo na comparação com janeiro de 2011. Segundo a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), o crescimento das vendas foi de 9,8%, com 252.697 unidades contra as 230.129 unidades emplacadas em janeiro do ano passado. A previsão da Fenabrave para 2012 é de que sejam comercializadas no período 3,575 milhões de veículos novos no País

O excelente resultado da GM teve como responsáveis os seus novos carros, Cobalt e Cruze. No seu segundo mês de vendas, o Cobalt atingiu a impressionantes marca de 5.906 unidades, o que lhe deu o 10º lugar no ranking dos mais vendidos, e no seu segmento, só perdeu para o Chevrolet Classic (9.633 unidades) e para o VW Voyage(6.404 unidades).

Quem ainda vai entrar forte nessa briga é o Nissan Versa. Apesar de não vender como o Cobalt, o sedã mexicano começou a ano bem, com 1.581 emplacamentos. Essa briga pode mudar de cenário de duas maneiras. Um caminho é se o Brasil romper o acordo com o México, pois aí os carros lá fabricados ficarão caros, e o Versa sai da briga. Outro caminho é a chegada do Voyage reestilidado e do novo Fiat Siena, que dará folego aos dois concorrentes. Mesmo assim, a Nissan vive seu melhor momento no Brasil. O responsável peo crescimento da marca japonesa (sexta colocada) é o March, que chegou em outubro de 2011. O modelo mexicano registrou 2.555 unidades em janeiro, deixando na saudade o Renault Clio (2.538 unidades) e Peugeot 207 (2.333 unidades), por exemplo.

 Entre os carros médios, destaque para o Chevrolet Cruze, que somou 2.662 vendas e assumiu assim a vice-liderança, atrás apenas de Toyota Corolla (3.626 unidades) mas na frente do Volkswagen Jetta (2.094 unidades). O caro Honda Civic que chegou às concessionárias no meio do mês, e vendeu 1.374 unidades em duas semanas. Entre os utilitários esportivos, o Renault Duster continua empolgando, com 2.031 unidades emplacadas em janeiro; só não continuou na do Ecosport (2.163 unidades) porque a Ford está liquidando seu estoque nas concessionárias semanas, preparando a chegada nova geração.      .

As montadoras “TOP 10” de janeiro*: 1) General Motors – 52.850 unidades; 2) Fiat – 51.902 unidades; 3) Volkswagen – 51.058 unidades; 4) Ford – 22.204 unidades; 5) Renault – 16.616 unidades; 6) Nissan – 8.387 unidades; 7) Toyota – 7.719 unidades; 8 ) Hyundai – 7.635 unidades; 9) Honda – 6.067 unidades e 10) Citroën – 5.873 unidades

Os carros “Top 10″de janeiro*: 1) Volkswagen Gol (G4/G5) – 19.050 unidades; 2) Fiat Mille/Novo Uno – 17.718 unidades; 3) Chevrolet Celta – 12.857 unidades; 4) Fiat Palio – 11.398 unidades; 5) Chevrolet Classic/Corsa sedã – 9.633 unidades; 6) Volkswagen Fox/CrossFox – 9.544 unidades; 7) Ford Fiesta – 6.881 unidades; 8 ) Fiat Strada – 6.828 unidades; 9) Volkswagen Voyage – 6.404 unidades e 10) Chevrolet Cobalt – 5.906 unidades.

*Números de vendas de automóveis e comerciais leves.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español