Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

O Abarth em que o estepe também era para-choque

Compartilhe!

As celebrações dos 70 anos da Abarth estão repletas de boas histórias. Como por exemplo o exclusivo Abarth OT 2000 Coupe America e o seu “estepe para-choques”.

O Abarth OT 2000 Coupe America, nascido em 1966, era derivado do humilde Fiat 850 Coupé. É um dos exemplares destinados à competição derivados do 850; OT significa Omologata Turismo ou Turismo de Homologação.

Comparando com o 850 Coupé original, o OT 2000 Coupe America era um canhão. N a traseira, ao invés de encontrarmos os 843 cm3 (quatro cilindros) e 47 cv do motor original, repousava um motor 2.0 (1946 cm3) capaz de entregar 185 cv. Tudo associado a uma carroceria muito leve, de 710 kg (por exemplo, cerca de 250 kg mais leve que um Mazda MX-5 atual, que já é leve). Resultado? Míseros 7,1 segundos para acelerar de zero a 100 km/h e 240 km/h de velocidade máxima. Lembre-se: estamos falando de 1966!

 Mas o que aconteceu com o estepe, se destacando daquela forma estranha da frente? Como já explicamos, o motor no Fiat 850 Coupé encontraba-se na traseira, e por isso porta-malas e pneu sobressalente estão na frente. Mas no caso do Abarth OT 2000 Coupe America, foi necessário reposicionar o radiador na frente, obrigando a empurrar o estepe para fora da carroceria.
 

O aparente relaxo da Abarth foi espertamente transformado numa virtude, com o estepe assumindo também a função de para-choques, numa época em que estes eram feitos de metal.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español