Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

OPEL FECHA AS PORTAS NA AUSTRÁLIA

Compartilhe!

Durou menos de um ano a presença da Opel na Austrália. Vendas fracas e custos elevados acabaram levando a GM buscar esse desfecho, e com efeitos imediatos. A Adam Opel expandiu o seu negócio até à Austrália, tendo como previsão a venda de 15 mil unidades nos primeiros três anos de operação. Porém, a marca conseguiu vender apenas 541 carros em 2012 e 989 veículos nos primeiros seis meses deste ano. E isto de uma lista composta por carros atuais, como Corsa, Astra e o Insígnia.

opelaust

Segundo um porta-voz da marca alemã, “não podemos vender os nossos carros ao preço que os australianos desejam com os volumes atuais. O Astra deveria suportar a nossa estratégia, mas com o nível de preços dos nossos rivais simplesmente não é possível competir”.

Com esta situação, 20 concessionários e 15 colaboradores foram informados do final das operações da Opel, sendo que alguns serão absorvidos pela Holden, a marca australiana também de propriedade da GM.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español