Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Que tal um muscle car Dodge quatro cilindros e com plataforma Alfa Romeo?

Compartilhe!

O mundo do automóvel, definitivamente, está perdendo a graça. A partir da próxima geração, os Dodge Charger e Challenger poderão utilizar não só a plataforma Giorgio da Alfa Romeo, mas também motor de quatro cilindros turbo. A opção é sentar e chorar ou cortar os pulsos.

dodge-challenger-61

A FCA poderá aumentar a sinergia entre as suas marcas. A imprensa alemã noticiou que a recém-criada plataforma Giorgio, que serviu de base ao Alfa Romeo Giulia, poderá ser a plataforma dos muscle cars Dodge Charger e Challenger a partir da próxima geração. Esta opção permitirá redução significativa de peso e acesso a novas tecnologias. Recorde-se que os modelos atuais utilizam plataforma de origem Mercedes-Benz, resultado da antiga parceria entre Daimler e Chrysler.

No que diz respeita aos motores, mais lágrimas incontroláveis: está previsto “downsizing” nos motores V8 e V6, que podem ser substituídos por um quatro cilindros turbo com cerca de 300 cv, versão que vem sendo testada na nova geração do Jeep Wrangler.

A verdade é que esse tipo de carro -muscle cars- é destinado ao público de maior poder aquisitivo, onde o que mais importa é o ronronar dos motores V8. Economia, nesse terreno, só interessa para a montadora.


Compartilhe!

Um comentário em “Que tal um muscle car Dodge quatro cilindros e com plataforma Alfa Romeo?

  • 24 de dezembro de 2017 em 0:22
    Permalink

    I have noticed you don’t monetize your website,
    don’t waste your traffic, you can earn additional cash every month because
    you’ve got high quality content. If you want to know how
    to make extra bucks, search for: Boorfe’s tips best
    adsense alternative

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *