Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Revzani Beast: muito além dos limites

Compartilhe!

2014-Rezvani-Beast-Static-1-1280x800

Entre tantas coisas boas sobre rodas que os americanos gostam de impor, há algumas que merecem crédito especial, como este Revzani Beast, na verdade um despido Ariel Atom que recebeu uma carroceria imponente, de linhas ousadas.

A Revzani é da Califórnia, e isso em parte explica o porquê de um roadster com formas tão complexas. O estado americano, conhecido pelas melhores praias e onde a temperatura permite desfrutar de vários meses de sol, mais do que justifica a opção desta carroceria criada para o Revzani Beast.

2014-Rezvani-Beast-Static-7-1280x800

Mas vamos a números. Para animar os mais céticos, o Revzani Beast é proposto nas versões 300 e 500. O Revzani Beast 300, partilha todos os seus componentes mecânicos com o Ariel Atom e assim sendo, a sua desenvoltura vem do  motor Honda K20 2.0 de quatro cilindros, mas que usa um blower. São 315 cv de potência a 8.400 rpm e 32,4 mkgf de torque máximo na versão básica. Isso num carro que pesa apenas 703 kg. O desempenho por causa desse baixo peso é assustadora: falamos de 2.9 s para acelera de zero a 100 km/h. Relação peso/potência de 2,23 kg/cv, simplesmente excepcional.

Já o Revzani Beast na versão 500, tem 500 cv de potência, que vem de um motor Honda K24, 2.4 de quatro cilindros. Só que nesta versão mais animada a receita pela busca da potência levou ao uso de um compressor volumétrico trabalhando em conjunto com um turbocompressor.

2014-Rezvani-Beast-Static-2-1280x800

Os 500 cv a 6.350rpm e o torque máximo de 57, 9 mkgf a 5.950rpm, do Revzani Beast 500, permite desempenho muito além do extraordinariamente aceitável. São 2,7s no 0- 100km/h, com a loucura adicional de que o Beast 500 pesa apenas 667kg. Peso/potência dos sonhos: 1,33 kg/cv!

Mas não pense que a Revzani se limita a reproduzir os Ariel Atoms com carroceria diferente, pois o trabalho vai um pouco além disso. Quando a Revzani recebe os motores preparados pela Ariel, estes ainda não foram totalmente revistos pela divisão de performance da marca nos Estados Unidos.

A DDM Works é responsável pelo próximo trabalho nos motores, desmontando-os e efetuando medições e ajustes minuciosos. Depois são montados componentes com material de alto desempenho “Made in USA”, como pistões forjados, bielas em “H” e bronzinas da ARP.

2014-Rezvani-Beast-Static-3-1280x800

Nos cabeçotes nada é mexido, mas todos são desmontados e sofrem vários testes de pressão e equalização, sendo depois novamente limpos, polidos e montados com novas juntas.

A potência dos motores Honda K20 e K24, do Revzani Beast, é transmitida a uma caixa de câmbio manual de seis velocidades e diferencial autoblocante, mas como para desfrutar de toda a potência é preciso poder aplicá-la da forma correta, todos os Revzani Beast recebem embreagens reforçadas.

Se o desenho impressiona mas não convence, não dá para desprezar o trabalho feito, pois houve grande colaboração entre a Revzani Automotive Design e o designer Samir Sadikhov, responsável pelo projetos do Aston Martin DBC e Ferrari Xerzi Concept.

2014-Rezvani-Beast-Motion-1-1280x800

No que toca à forma final aos desenhos, entra em cena a experência da N2A Motors, empresa especializada na interpretação de desenhos CAD e produção de moldes em máquinas CNC, com acesso às mais recentes tecnologias de impressão 3D, usando apenas fibra de carbono e poliuretano da melhor qualidade.

Tal como o Ariel Atom, o Revzani Beast tem credenciais que impressionam em termos de comportamento dinâmico. A configuração de motor central traseiro em posição transversal, com suspensão independente composta por amortecedores totalmente ajustáveis da Bilstein e um kit de freios de competição da Alcon, composto por pinças de quatro pistões nos dois eixos, mais pneus Toyo R888 nas medidas 235/35R19 na frente e 295/30R19 atrás, permitem explorar e desafiar qualquer um com coragem suficiente para suportar a aceleração e os limites de aderência do Revzani Beast.

2014-Rezvani-Beast-Static-4-1280x800

Os preços que o Revzani Beast será vendido nos Estados Unidos serão, para a “Launch Edition”, de US$ 99.500 para o Beast 300 e US$ 124.900 para o Beast 500. Esgotadas as versões de lançamento, os preços vão subir para US$ 119.000 e US$ 139.000 dólares, respetivamente.

Curioso ou não, a garantia da Revzani dá para o Beast é de um ano sem limite de quilometragem, algo que deixará os futuros proprietários na dúvida, entre o uso consciente do carro ou a exploração total de seus limites em 12 meses.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español